2

Senador agressor: “Namorada” muda versão e diz que “caiu” e bateu a cabeça na porta!

telmário e namorada

Maria Aparecida Nery de Melo, a namorada do senador Telmário mudou sua versão para as lesões identificadas no exame de corpo de delito: disse que na mesma noite em que recebeu a visita do senador, caiu no chão durante a festa enquanto dormia.

A estudante negou ter sido agredida por Telmário Mota. “O senador é amigo meu e da minha família. Por isso, na noite do dia 26 de dezembro, ele veio até a minha casa, porque estava tendo uma festa. Nós dançamos e ele foi embora por volta das 22h. Não me agrediu, nem fez nada contra mim”, disse.

No dia seguinte, a jovem conta que o namorado teve uma crise de ciúmes e a convenceu a registrar a queixa contra o parlamentar. “Meu namorado sabia que eu e o senador tínhamos tido um relacionamento. Então, ele e outras pessoas me pressionaram a registrar o boletim de ocorrência contra o Telmário e no dia 31 acabei indo à delegacia acompanhada de um advogado que me indicaram”, conta.

A jovem alega que foi o advogado, então, quem escreveu o depoimento. “Ele [advogado] sentou lá e escreveu tudo da cabeça dele, não me perguntou nada. Eu nem li o boletim, porque depois que saímos da delegacia, fomos ao IML fazer o exame e todos os meus documentos ficaram com ele”, disse.

O advogado da estudante à época, Tiago Santos, nega, e afirma que ele e Maria leram e assinaram o depoimento. A reportagem tentou contato com a Polícia Civil, mas não obteve retorno.

Fonte: g1.com

0

Assaltantes se dão mal após tentativa frustrada de crime em Codó

IMG-20160730-WA0102

Moto apresentada na DP

Na noite de ontem, uma guarnição da Polícia Militar de Codó foi acionada para atender uma ocorrência inusitada. Acontece que dois homens que trafegavam pela Rua São Sebastião em Codó, resolveram praticar um assalto, a vítima reagiu e derrubou os dois da motocicleta deu tanta taca nos dois meliantes que os coitados nem tiveram tempo de saírem na motocicleta, uma Honda, modelo FAN 125 de cor preta de Placa OIU 5777.

Vítima e testemunhas acabaram chamando a PM para narrar o fato e entregar a moto aos policiais. A polícia aconselha que nesses casos a vítima não reaja, pois o risco é grande de um movimento brusco do assaltante e a reação pode causar consequências graves e até a morte de inocentes, o mais aconselhável é entregar o bem material que posteriormente pode ser recuperado  preservando a vida.

Os assaltantes devem estar correndo da taca até agora!

0

Governo do Estado oficializa patrocínio para Moto e Sampaio disputarem o Campeonato Brasileiro 2016

Foto 01 - Secretário Márcio Jardim, representantes da Cemar e dos clubes Moto e SampaioO Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), oficializou, na manhã da última quarta-feira (27), patrocínio para o Moto Club e o Sampaio Corrêa disputarem o Campeonato Brasileiro 2016. O patrocínio conta com o incentivo da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

A solenidade marcou a concretização de apoio aos clubes que representam o futebol maranhense, com assinatura de contrato que autoriza a liberação de recursos aos clubes que vão disputar o restante da Série B e D do Campeonato Brasileiro, respectivamente. Os dois clubes receberão um investimento total de R$ 2.650 milhões.

Em seu discurso, o secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, destacou que, investir no futebol maranhense é fomentar uma cadeia produtiva que gera emprego e oportunidades, além de fortalecer um vínculo de identidade regional, a partir da paixão pelos clubes.

“O nosso país enfrenta um momento de crise econômica, que é conhecido por todos. Mas o Governo do Maranhão lança mão de recursos possíveis para ajudar os clubes que representam o estado no campeonato nacional de futebol, em busca de seus objetivos”, destacou Jardim.

Para o vice-presidente de Operações da Cemar, Sérvio Túlio, é motivo de orgulho associar a marca da Companhia Energética ao Moto Club e ao Sampaio Corrêa, que são clubes fortes que representam o Maranhão dentro e fora do Estado.

“Temos paixão por tudo que fazemos pelo futebol. Tratamos essa parceria com muito cuidado para garantir que seja duradoura. E, assim, fazendo com que os clubes se fortaleçam nas competições”, disse o vice-presidente de Operações.

Clubes celebram patrocínio

Satisfeito com a assinatura do contrato, o presidente do Sampaio Corrêa, Sergio Frota, falou sobre a importância do apoio do Governo e da Cemar nesse momento crucial para o Sampaio, ressaltando que o recurso será fundamental para que o clube possa reagir no Campeonato Brasileiro.

“Em tempos de crise econômica vivida pelo País, agradeço a renúncia fiscal do governo Flávio Dino em prol dessa iniciativa, assim como ao secretário Márcio Jardim, e a toda equipe da Cemar, que se predispôs a ser o agente financeiro desse projeto esportivo”, celebrou.

Para o diretor de Futebol do Moto Club, Valdemir Rosa, o Dadá, que representou o presidente Hans Nina, o patrocínio é reflexo do compromisso do governo em fortalecer o esporte no Maranhão. “O incentivo trouxe inúmeros benefícios para o nosso clube. Agradecemos ao governador Flávio Dino por mais esse apoio ao futebol maranhense”, comemorou Dadá.

Além do presidente do Sampaio e do representante do Moto Club, participaram do ato da assinatura do contrato o secretário adjunto de Projetos Esportivos Incentivados, Leonardo Cordeiro, o diretor de gente e gestão e finanças da Cemar, Humberto Nogueira, o diretor de relações institucionais, José Jorge, e o executivo de Comunicação e Marketing, Luiz Carlos Cardoso.

0

Vestibular da UEMA – PAES 2017 inscrições já começaram e vão até o próximo dia 19/08

As provas serão realizadas nos dias 20 e 21 de Novembro.

Iniciou no último dia 25 e vão até o dia 19/08, o período para inscrição no Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior – PAES 2017 da Universidade Estadual do Maranhão. Os interessados poderão inscrever-se por meio do site: www.paes.uema.br. O valor da inscrição é de R$ 85,00 e serão oferecidas 4.220 vagas para o ano de 2017, distribuídas em todos os campi da UEMA.

A partir do PAES 2017, a Instituição irá oferecer vagas em quatro novos cursos: Filosofia, Campus São Luís, com 45 vagas; Educação Física, Campus São João dos Patos, com 40 vagas; Ciências Contábeis, em Codó, com 40 vagas e; Ciências Naturais no Campus Caxias, também com 40 vagas.

A UEMA ofertará ainda, de maneira inédita para alguns campi, os cursos de: Engenharia Civil em Bacabal e Açailândia; Pedagogia em Balsas, Barra do Corda e Pinheiro; Matemática em Balsas; Ciências Biológicas nos campi Lago da Pedra e Zé Doca; e Letras em Coelho Neto.

O candidato isento do pagamento do valor de inscrição, para o PAES 2017, deverá, obrigatoriamente, se inscrever no Processo Seletivo por meio do mesmo site.

As provas serão realizadas em dois dias consecutivos: 1° DIA: 20 de novembro de 2016- prova constituída de 60 (sessenta) questões objetivas de múltipla escolha, por área de conhecimento, abrangendo os conteúdos programáticos dos componentes curriculares que integram o ensino médio, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s. 2° DIA: 21 de novembro de 2016 -prova constituída de 12 (doze) questões analítico-discursivas, abrangendo conteúdos programáticos de 2 (dois) componentes curriculares que integram o ensino médio, específicos por curso, e prova de produção textual, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s.

O Processo Seletivo  será realizado nos seguintes campi: São Luís , Pedreiras, São João dos Patos, Caxias, Timon, Barra do Corda,Imperatriz,  Grajaú, Codó, Bacabal, Lago da Pedra, Coelho Neto,Balsas, Zé Doca, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra, Açailândia, Colinas  e Coroatá. O candidato fará sua opção de realização das provas em um dos campi mencionados.

Confira o edital UEMA aqui!

0

Codó – Raspagem de barreira ameaça sistema de distribuição de água no Residencial da Trizidela

barreira 2

barreiraUm ato no mínimo irresponsável está deixando os moradores do Residencial da Trizidela preocupados, acontece que o conjunto que é composto  por mil casas do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, possui um sistema de abastecimento de água composto por um poço e quatro caixas d’ água localizadas no alto de um morro de aproximadamente 15 metros acima do nível das casas.

No mês passado, uma máquina começou a realizar uma retirada de barro do local que agora começa a deixar os moradores muito preocupados, o processo de retirada do barro causou vários rompimentos das camadas que a cada dia aumenta e olha que o período chuvoso ainda não começou e nosso blog constatou que do ponto da encosta até a base da estrutura do poço são apenas vinte metros. A retirada do barro foi motivada pela necessidade de realizar um aterramento de uma área ao lado que servirá para a construção de uma escola.

Tapando o sol com a peneira – Um trabalho que deverá causar sérios riscos para as mil famílias do local com relação ao abastecimento de água, além de alterar uma paisagem natural poderá ainda causar impactos ambientais, pois o amadorismo profissional faz com que a resolução de um problema cause outros ainda maiores.

barreira 3

0

Governo do Estado participa posse da nova diretoria da Fetaema

fetaema

Representando o governador Flávio Dino, o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares participou da solenidade de posse da nova diretoria executiva, conselho fiscal e coordenações regionais (gestão 2016-2020) da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Maranhão- Fetaema. O evento ocorreu na tarde desta quinta-feira (28), no auditório Manoel Nascimento do Centro de Estudo Sindical Rural- CESIR, em São Luís e reuniu cerca de 900 pessoas entre dirigentes e sócios sindicais, representantes de entidades parceiras.

“Neste evento nós temos a presença de quatro secretários de estado. Francisco Gonçalves,  secretário de Direitos Humanos, Tatiana Pereira, secretária da Juventude e Laurinda Pinto secretária da mulher. A presença desses secretários representa o respeito e apoio do governador Flávio Dino com a classe trabalhadora, com o agricultor familiar deste estado”, exaltou o secretário Adelmo Soares.

O secretário informou ainda que a SAF e seus órgão vinculados como a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural- AGERP e o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão- Iterma, trabalham diuturnamente para levar dignidade e qualidade de vida aos agricultores familiares do Maranhão com assistência técnica de qualidade, entrega de títulos de terras, auxílio na produção com entrega de equipamentos agrícolas, patrulhas com implementos, caminhão frigorífico, construção e revitalização de agroindústrias.

A diretoria que assume a direção da luta da classe trabalhadora rural no Maranhão, foi eleita com mais de 90% dos votos válidos, no 8º Congresso Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Maranhão realizado entre os dia 01 e 03 de junho no CESIR.

O presidente reeleito para continuar na direção da Federação, Francisco de Jesus Silva, popularmente conhecido como Chico Miguel, é trabalhador, assentado da reforma agrária e natural de Aldeias Altas. “Estamos assumindo esta nova gestão com o entendimento que temos muito trabalho pela frente. Nós temos um país onde o presidente não valoriza o trabalhador, um exemplo são as reformas na previdência e trabalhistas. Éramos para lutarmos por mais avanços e adquirir novas conquistas e, agora, infelizmente, estamos lutando para não perder o que já foi conquistado”, declarou Chico Miguel.

O presidente da FETAEMA informou ainda que irá trabalhar para fortificar e ampliar as políticas agrárias, agrícolas, assalariados (as) rurais, sociais, formação e organização sindical, administração e finanças, comunicação, juventude e gênero.

A Federação tem 44 anos e 214 sindicatos filiados.  Durante mais de 4 décadas tem gritados pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, através de várias ações estratégias como: Grito da Terra Brasil, Grito da TERRA Maranhão, Marchas das Margaridas, ENFOC, Mutirão da Previdência Social, Acordos e Convenções Trabalhistas, Festival Nacional e Estadual da Juventude Rural, encontro Estadual de Comunicação e informatização, encontros da terceira idade e de idosos (as) Rurais, entre outras.

Conheça os membros efetivos da diretoria da FETAEMA:

Presidente, Francisco de Jesus Silva, Secretária Geral, Rosmarí Barbosa, secretária de Finanças e Administração, Ângela Maria Silva, Secretária de Política Agrária, Maria Lúcia Santos, secretário de Política Agrícola, Messias de Sousa, secretário de Meio Ambiente, Antônio da Conceição, secretário de Formação e Organização Sindical, José Chateo  Rego, Secretária de Políticas Sociais, Bertolina Martins, secretário de Terceira Idade, Idosos e Idosas Rurais Agricultores Agricultoras Familiares, Joaquim de Sousa, Secretário de Jovens Trabalhadores Rurais, Geová Goes, Conselho Fiscal, Raimundo Nonato Bezerra,  Maria Aneci Abreu e Edilson Amaral.

10

Política suja já começa a aflorar – Ortopedista famoso em Codó estava consultando dentro da FC Oliveira

Meus caros leitores, o Blog do Bezerra tem se pautado aqui com muito respeito com seus leitores, por diversas vezes realizei furos de matérias, inclusive com algumas que desagradaram a vários políticos de Codó, sabem por que? Não tenho vínculos com partidos e sim com a informação. Não faço como muitos profissionais, que até sentaram em uma cadeira de faculdade para concluir um curso superior em : Comunicação Social, Jornalismo, Radialismo ou Relações Públicas, para simplesmente vender um serviço que muitas vezes extrapolam a ética informação. Não estou aqui para fazer sensacionalismo barato, como a maioria faz, estou aqui  para levar a informação do jeito que ela acontece.

Como todos os codoenses já têm o conhecimento, o clima de eleição já tomou conta do cotidiano da população, muitos começaram a trabalhar divulgando suas pré candidaturas a pelo menos um ano, inclusive de forma subjetiva pedindo apoio, que a lei eleitoral permite. Agora, o que a lei não permite é que os pré ou candidatos possam tentar iludir o eleitor: com pesquisas forjadas, oferecimento de bens ou serviços, principalmente os que fogem da normalidade de oferta, de acordo com o TSE – Tribunal Superior Eleitoral:

” … o candidato não pode doar, oferecer, prometer ou entregar ao eleitor nenhuma vantagem pessoal de qualquer natureza com o fim de obter seu voto. Esse pedido não precisa nem mesmo ser explícito para caracterizar a compra de votos, ou seja, se houver evidência do crime já é suficiente para ensejar a punição”.

Acontece que o Grupo Empresarial FC Oliveira, que não possuía o hábito de sua política assistencial, realizar tantos serviços como nos últimos 365 dias, e não são poucos: realização de torneios esportivos nas zonas urbana e rural; distribuição de água no Km 17; transporte de pessoas para emissão de carteiras de identidade e CPF para a cidade de Coroatá, enfim uma gama de serviços que não eram realizados bem antes desses últimos 12 meses. É claro que alguns serviços tradicionais como o transporte de fiéis a Canindé em momento algum fugiu da tradição, tenho que reconhecer.

Hoje, tomei conhecimento de que um dos melhores Ortopedistas da região, Doutor Duailibe estava realizando consultas, isso é muito normal, até porque tem o respaldo e conhecimento de causa e é muito respeitado por toda região, porém, o que me causou revolta foi o lugar das consultas, nada mais nada menos do que na parte interna da empresa FC Oliveira. Uma estrutura foi montada para que o médico realizasse as consultas a pedido do senhor Francisco Carlos Oliveira.

Diante de muita gente, o empresário chegou a se pronunciar dizendo: “existem pessoas tentando atrapalhar nosso trabalho, inclusive não sei nem até quando vamos continuar realizando essas consultas aqui” . Hoje em dia não conseguimos esconder muita coisa, principalmente por conta da existência dos celulares sofisticados que gravam todos os nossos passos. A realização dessas consultas se deu justamente no momento em que um dos juízes eleitorais gravava uma entrevista para a FCTV, justamente sobre o pleito eleitoral de 2016.

Meus amigos, se esse tipo de atividade não se caracterizar como “ilegal”, terei que voltar para a escola estudar interpretação de textos. No fechamento dessa matéria, chegou ao nosso conhecimento que agora durante a noite, o mesmo médico realizou consultas na própria residência, porém dando continuidade no atendimento iniciado durante o dia. Acredito que os órgãos responsáveis pela fiscalização do pleito eleitoral de Codó deva tomar providências, pois há indícios de que outros pré candidatos estavam no local das consultas

1

Prestação de contas de campanha deverá ser enviada à Justiça Eleitoral a cada 72h

Prestação de contas

Nas eleições municipais deste ano, os candidatos e partidos devem ficar atentos a uma novidade trazida pela Reforma Eleitoral 2015. Agora, as doações recebidas e os gastos de campanhas, que constam na prestação de contas, devem ser informados a cada 72 horas à Justiça Eleitoral, contados do recebimento do crédito em conta corrente. Até as eleições de 2014, a JE era informada sobre o financiamento de campanha em três oportunidades: na primeira parcial de campanha, na segunda e na prestação de contas finais.

“A Justiça Eleitoral, durante o curso da campanha, receberá informações sobre o financiamento que serão publicadas em tempo real no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Isso irá permitir que a sociedade organizada, órgãos de fiscalização e os próprios candidatos possam conhecer e fiscalizar as campanhas dos que estão concorrendo nas eleições”, explicou Eron Pessoa, assessor-chefe da Assessoria de Prestação de Contas e Exames Partidários do TSE.

Como forma de agregar ainda mais transparência ao processo eleitoral, a divulgação dos dados de registro de candidatura e de financiamento de campanha foi centralizada. As informações podem ser consultadas no sistema DivulgaCandContas, disponível no portal do TSE.

Descumprimento

De acordo com Eron Pessoa, caso os candidatos e partidos não informem, em até 72 horas, sobre os recursos de campanha, o maior efeito será em relação à transparência, pois não há sanção prevista na legislação eleitoral. No entanto, a Justiça Eleitoral recebe dos bancos os extratos eletrônicos das campanhas e, caso um candidato deixe de informar as suas contas, qualquer cidadão poderá verificar a ausência de informações.

“Se o extrato eletrônico apresenta informações de débito e de crédito e o candidato não informa à Justiça Eleitoral, já se verifica que não é uma atitude condizente com aquele que pleiteia um cargo eleitoral”, ressaltou Eron.

Arrecadação

As informações de prestação de contas de campanha passarão a ser disponibilizadas no DivulgaCandContas a partir do dia 15 de agosto, data limite para que os candidatos e partidos tenham cumprido os pré-requisitos exigidos para o início das arrecadações – requerimento do registro de candidatura; inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ); abertura de conta bancária específica destinada a registrar a movimentação financeira de campanha e a emissão de recibos eleitorais.

Site do TSE

1

TJMA recebe denúncia contra deputado Humberto Coutinho

a54a8e897318e623fc67be4321553202

O Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) recebeu denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA) contra o deputado estadual e atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Humberto Coutinho, por suposto ato praticado enquanto exercia o cargo de prefeito da cidade de Caxias.

O MPMA acusou o ex-prefeito pelo desvio de R$ 1 milhão, proveniente de um convênio assinado entre a Prefeitura de Caxias e a Secretaria Estadual de Saúde, em maio de 2006, cujo objeto era aquisição de equipamentos para instalação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Dr. João Viana, no Município de Caxias.

Procedimento investigatório do Ministério Público teria apurado irregularidades na aplicação das verbas recebidas, que não teriam sido aplicadas corretamente e a prefeitura não teria instalado a UTI. O MPMA também informou sobre o pagamento de quatro empresas, porém não houve comprovação da realização do procedimento licitatório necessário.

A defesa pediu a rejeição da denúncia, alegando ausência de justa causa e que os elementos levantados pelo Ministério Público teriam sido produzidos unilateralmente e se resumiriam à mera opinião. Negou também a fragmentação, dispensa ou inexigibilidade da licitação.

O relator, desembargador José Bernardo Rodrigues, decidiu receber a denúncia para que os fatos sejam devidamente instruídos, uma vez que não há provas de que o convênio foi devidamente cumprido pela Prefeitura.

O magistrado ressaltou fatos, como o pagamento de dois equipamentos de Raio-X, que não foram instalados, e o impedimento aos técnicos da Secretaria de Saúde de realizarem inspeção no Hospital Dr. Jorge Viana.

“O processo irá permitir que a ampla defesa seja exercida e a regularidade do uso dos recursos possa ser demonstrada”, avaliou o desembargador.

A decisão do Plenário foi unânime, sem os votos do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, e do desembargador Raimundo Barros, em razão de impedimento.

Assessoria de Comunicação do TJMA

1

Às pressas, governo contrata 3000 homens para segurança olímpica

No dia em que o site de VEJA revelou a falta de segurança das instalações olímpicas em virtude da ausência da empresa contratada para operar o Mag & Bag (revista magnética e de bolsas através do raio-X), o Ministério da Justiça resolveu agir para tentar evitar um colapso anunciado. Nesta quinta-feira, a apenas oito dias da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, a Força Nacional iniciou um processo de cadastramento e seleção de policiais militares e bombeiros inativos de todo o país. A missão é contratar 3 000 homens que ocuparão a lacuna deixada pela Artel Recursos Humanos, minúscula empresa de Navegantes, em Santa Catarina, que mesmo sem ter qualquer experiência no ramo, ganhou a licitação e abocanhou o contrato de 17,3 milhões de reais da Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos (Sesge) para fazer o controle eletrônico das 49 instalações.

O desespero é tanto que, na página da Diretoria de Inativos e Pensionistas da PM do Rio de Janeiro na internet, por exemplo, um alerta foi colocado em letras garrafais: “Inativos que queiram trabalhar na Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016”. A primeira exigência é que os policiais estejam na reserva há no máximo cinco anos. O texto explica que os escolhidos teriam as mesmas condições de alojamento e remuneração dos agentes da Força Nacional, ou seja, uma diária de 550 reais. Os inativos, no entanto, não podem residir na capital ou na região metropolitana: “Os indicados devem possuir endereço residencial em municípios do interior”, diz o texto.

Outro fato curioso é que o texto da DIP explica que o pernoite será feito no mesmo alojamento da Força Nacional, que está em edifícios populares construídos na favela Gardênia Azul, em Jacarepaguá. Com um alerta: “Destaque-se que as condições de hospedagem não são ideais e eventualmente os recrutados podem precisar providenciar colchões e transporte para os locais de trabalho”. A alimentação também será por conta dos contratados.

Estádio Olímpico do Engenhão: máquinas paradas e sem funcionários da Artel, empresa que recebeu 17 milhões para a função

Estádio do Engenhão: máquinas paradas (VEJA)

Na terça-feira, o diretor de segurança do Comitê Organizador Rio-2016, Luiz Fernando Corrêa, já havia enviado um email para seus pares alertando para a possibilidade de um colapso em virtude da falta de condições da Artel em prestar o serviço para qual havia sido contratada. “A verdade é que não sabemos ao certo quantos pessoas a Artel conseguirá colocar. Então, estamos agora atrás desses 3 000 para garantir uma condição mínima dessa operação”, explica um integrante da Sesge, lembrando que a empresa deveria contar com 6 000 funcionários treinados para a operação do Mag & Bag.

Ainda não se sabe também se a contratação será feita pela Força Nacional ou pela própria Sesge. O que se sabe é que os policiais recrutados, assim que chegarem ao Rio, passarão por um treinamento intensivo para aprender a operar o sistema. Para um integrante da alta cúpula da Rio-2016, a melhor solução seria a mesma adotada em Londres-2012: “Eu jogaria no colo do exército. Em três dias eles colocam um pelotão aqui para resolver o problema”, diz. Na capital inglesa, quatro anos atrás, a empresa que faria este trabalho também se disse incapaz de realizar o serviço, que acabou sendo feito pelas Forças Armadas.

Outro problema que vem tentando ser contornado é em relação ao efetivo da Força Nacional. A previsão inicial da Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos era de contar com 9 600 homens, mas muitos estados não enviaram. Minas Gerais, por exemplo, ficou de enviar 1 000 e enviou apenas 100 policiais. Na semana passada, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, conseguiu, junto ao governo de São Paulo, garantir o envio de 1 000 PMs paulistas. Com isso, o número da Força Nacional chegará próximo dos 6 000 durante os Jogos.