0

Jornal revela que Messi ‘falou grosso’ e detalha postura do craque no vestiário após vexame

messi

Lionel Messi não esconde sua ambição pela conquista da Copa do Mundo de 2018 e a disposição a findar o jejum de 25 anos da seleção da Argentina sem um título. Porém, as últimas impressões da equipe comandada por Jorge Sampaoli não foram nada satisfatórias, principalmente após a goleada sofrida para a Espanha por 6 a 1, sem a presença do craque, poupado.

Mesmo ausente em campo, Messi não abandonou sua função de líder do time no vestiário. O jornal La Nación revelou os passos do camisa 10, que abandonou as tribunas ainda no decorrer do amistoso para ter uma postura que, de certa forma, impressionou os companheiros. As informações foram de que o jogador do Barcelona “falou grosso” no vestiário e pediu que todos se mantivessem focados no projeto do Mundial.

“Levantem a cabeça, todos. Vamos superar tudo o que aconteceu juntos e fazer tudo em conjunto”, teria dito Messi, reafirmando o apoio ao trabalho de Sampaoli e ambicionando a competição na Rússia.

O jornal ainda revela que o fato foi bastante elogiado pelos companheiros de equipe, que não tinham presenciado uma postura como essa do líder técnico da Argentina até então. Um jogador específico, não identificado na matéria, foi quem externou o ocorrido. “Foi uma coisa impressionante. Ele surpreendeu a todos e falou como um capitão”, disse.

Depois de se classificar para Copa do Mundo apenas na última rodada das Eliminatórias, pode-se dizer que a Argentina não terá uma missão, ao menos em teoria, complicada para chegar a segunda fase. Cabeça de chave do Grupo D, os bicampeões mundiais terão pela frente a Croácia, Islândia e Nigéria. Caso terminem na liderança e a seleção peruana na segunda posição do grupo C, um clássico Sul-Americano nas oitavas de final pode acontecer.

FOX SPORTS com Crédito da imagem: Agência EFE

0

Com prisão de amigos do presidente, PF chega bem perto de Temer

montagem-amigos-temer-presos

A Polícia Federal prendeu cinco pessoas investigadas no inquérito que apura irregularidades em decreto do presidente Michel Temer (MDB) sobre o setor portuário. Três delas são ligadas a Temer: o advogado José Yunes, coronel João Batista Lima Filho e o ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi (MDB). Foram presos ainda empresário Antônio Celso Grecco, dono da Rodrimar, e Milton Ortolan, auxiliar de Rossi. As ordens de prisão são temporárias.

As detenções foram autorizadas pelo ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria-Geral da República. Barroso é relator do inquérito que apura a Medida Provisória 595, conhecida como MP dos Portos, que mais tarde deu origem ao decreto 9.048. Temer é suspeito do recebimento de propina em troca de benefícios a empresas do setor portuário, como a Rodrimar.

José Yunes é amigo de Temer há mais de 50 anos. O empresário foi assessor do emedebista na Presidência – e pediu demissão do cargo após a revelação do conteúdo da delação premiada do ex-executivo da Odebrecht Claudio Melo Filho. Ele também foi citado na delação do doleiro Lúcio Funaro, que afirmou que Yunes era um dos responsáveis por administrar propinas entregues ao presidente.

O coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente há mais de três décadas, pode ter sido utilizado como laranja para receber dinheiro sujo em nome de Temer. Mensagens encontradas no celular do coronel, às quais VEJA teve acesso, mostram como o coronel exerceu — em pelo menos um caso — o papel de intermediário entre o presidente e um dos maiores grupos empresariais da área portuária. Revelam que Lima, sem ser funcionário público nem mesmo assessor de Temer, abriu as portas do governo a interesses privados e fez questão de informar o presidente do serviço prestado. O diálogo não traz o desfecho da história, mas o grupo empresarial ajudado pelo coronel teve sua demanda atendida por um apadrinhado de Temer no governo. Coisa na casa do bilhão de reais.

A Rodrimar, empresa de Antonio Celso Grecco, opera áreas do porto de Santos que está no centro das investigações. O ex-­diretor de relações institucionais do grupo J&F Ricardo Saud disse, em delação, que o ex-assessor de Temer Rodrigo Rocha Loures mantinha uma parceria com a Rodrimar. A Rodrimar foi uma das empresas beneficiadas pelo decreto dos portos, que ampliou o prazo das concessões das empresas do setor de 25 para 35 anos, prorrogáveis por até setenta anos. A parceria entre Loures e a Rodrimar seria tão sólida que, segundo o próprio Saud, Loures chegou a indicar um diretor da empresa para receber, em nome dele, propina da J&F.

Wagner Rossi, outro nome ligado a Temer, foi presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que administra o porto de Santos. Ele é pai de Baleia Rossi (MDB).

Temer, Yunes, coronel Lima e Antônio Celso Grecco tiveram seus sigilos bancários quebrados por Barroso, no início do mês.

(Com Estadão Conteúdo , Reuters e VEJA)

0

Imperatriz – CNPq contempla professora com bolsa de produtividade

Bolsa-Produtividade-Ana-Angélica-700x431

A professora do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Imperatriz, Ana Angélica Mathias Macêdo, foi contemplada com a Bolsa Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com vigência entre os anos de 2018 e 2021. Foi a primeira vez que um pesquisador do IFMA recebeu essa modalidade de bolsa que tem o intuito de incentivar a execução de projetos de desenvolvimento tecnológico ou de pesquisa básica ou aplicada, assim como atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia. Atualmente, no Maranhão apenas três pesquisadores recebem essa bolsa.

A professora destacou a importância de ter a maior agência de fomento à pesquisa do país reconhecendo o seu trabalho. “Na avaliação do projeto submetido ao CNPq eles falaram sobre a minha atuação destacada em nível de graduação devido às inúmeras orientações de iniciação científica em áreas de tecnologia ou ligadas ao ensino. E isso é de grande relevância para o Instituto, pois essas pesquisas têm sido realizadas pelos nossos alunos”, contou Ana Angélica Macêdo.

A pesquisadora também explica que os alunos bolsistas participam de todas as etapas do projeto, desde a elaboração até a caracterização da pesquisa. “A vontade para desenvolver os projetos parte deles, que também escolhem com o que e o que querem produzir e, assim, vamos construindo com o firme propósito de contribuir para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação em nosso país”, expôs Ana Angélica Macêdo.

Produtividade em pesquisa – Atualmente, a professora e pesquisadora Ana Angélica Mathias Macêdo desenvolve no Campus Imperatriz sete projetos de pesquisa e um projeto de extensão. Ao todo os projetos envolvem cerca de 25 alunos tanto do ensino médio técnico quanto do ensino superior. Segundo a professora, só há um pré-requisito para os estudantes participarem dos projetos: querer aprender. “Queremos formar cidadãos criativos, críticos e conscientes de seus direitos e deveres com a sociedade e consigo mesmos. A ideia é estimular a qualificação desses estudantes para que eles façam mestrado e doutorado, pois terão mais oportunidades no mercado de trabalho”, avaliou.

Ela conta que desde quando ingressou como professora no Instituto Federal, inicialmente no IFCE, depois na UFMA e, atualmente, no IFMA muitos dos bolsistas que trabalharam com ela já estão no mestrado, no doutorado ou são concursados. “Eu só tenho que me alegrar e agradecer por estar contribuindo para que cada um que cruza o meu caminho possa ter uma melhor qualificação e, principalmente, porque eles quiseram melhorar a sua história”, disse.

Portal do IFMA

0

Disparo em via pública – Policial de folga consegue prender dupla que tentou assassinar algoz no bairro Santa Teresinha em Codó

3

Na noite do último domingo, na cidade de Codó, Policiais Militares do 17° BPM  prenderam em flagrante Damião Brito de Freitas, 26 anos, morador da Rua da União nº 1525, após o mesmo em companhia de seu parceiro identificado por Marcos Leandro Sousa Santos, residente no mesmo bairro, terem efetuado disparos em via pública no intuito de tirar a vida de um homem identificado apenas por “Ratinho”.

De acordo com os conduzidos, “Ratinho” já havia tentado matar um dos acusados há alguns meses, após desentendimentos entre ambos, mas não disseram qual motivação.

Histórico:

De acordo com relatos de populares, os dois conduzidos passaram na Rua 18 de Fevereiro, bairro Santa Teresinha e efetuaram vários disparos contra “Ratinho”, que conseguiu fugir. Durante a ação, um policial que estava de folga nas imediações conseguiu interceptar os acusados no momento da fuga, onde os mesmos caíram da moto, sendo dada voz de prisão pelo policial, que em seguida acionou uma guarnição para realizar a condução dos dois criminosos.

A arma utilizada no crime não foi encontrada, pois durante a ação do policial, Marcos Leandro empreendeu fuga, levando a arma, tendo sido capturado minutos depois já sem o objeto do crime. Os dois foram apresentados à autoridade policial, que deverá fazer os procedimentos e apurar os fatos que motivaram a ação criminosa.

Fonte: ASSCOM 17º BPM

2

Professor da escola Reitor Ribamar Carvalho é acusado de ameaçar e agredir alunos do Ensino Médio em Codó

IMG-20180327-WA0130

Um professor de matemática da escola estadual de Ensino Médio Reitor Ribamar Carvalho, localizada no bairro São Raimundo na Trizidela em Codó,  está sendo denunciado pelos alunos por práticas totalmente fora da ética e padrões profissionais. De acordo com relatos, o professor cujo nome não divulgaremos por enquanto, para segurança dos denunciantes, tem se comportado de forma desrespeitosa e agressiva dentro da escola, se confirmado os relatos dos estudantes até puxões de cabelo já aconteceu dentro do ambiente escolar, o que o torna indigno de estar num ambiente educacional.

“Reinaldo, ele bate no peito e diz que ninguém tira ele daqui, nos ajuda, ele puxou meu cabelo e mandou um colega nosso tomar veneno”, relata uma aluna do 1º Ano do Ensino Médio, que diz não aguentar mais tanta violência. “Ele diz que a gente não vale nada”, complementa.

Conforme apurado, o professor de fato tem influencia política dentro dos corredores da educação estadual e municipal, mas de longe esse comportamento deve ser repreendido  na medida em que estamos tendo uma ampla discussão no sentido de ofertar aos jovens ua educação de qualidade e respeitando as diferenças da cada um.

Vale ressaltar que essa denúncia não é novidade para quem é do meio educacional, pois o professor já cometeu essas mesmas práticas em escolas municipais, porém recebe a proteção do sistema. Antes do fechamento desta edição, o professor foi até a sala de alguns alunos e novamente proferiu algumas ameaças: “Vou tirar vocês daqui, de um por um”.

O governo do estado não pode coadunar com estas práticas, um por mais que haja alunos com problemas de aprendizado ou em conflito com a lei, não cabe ao professor: agredir, ameaçar ou julgar tais atitudes. Se a Assessoria Regional não tomar as medidas cabíveis, com o afastamento do professor, estaremos à disposição dos alunos e pais para encaminharmos a situação aos órgãos competentes.

O Blog aconselhou os alunos a procurar a direção da escola e pedir providências além registrarem um Boletim de Ocorrência na delegacia de polícia.

 

0

Fundação Pestalozzi de Codó recebe do Senador Roberto Rocha veículo para transporte de alunos

IMG-20180326-WA0069

No último final de semana, mais precisamente no sábado, a cidade de Codó recebeu a visita do Senador Roberto Rocha e em sua agenda foi realizada a entrega de um veículo modelo VAN, para a Fundação Pestalozzi de Codó. Esta era uma promessa antiga e uma reivindicação de vários pais de alunos da Instituição que tinham seus filhos transportados de forma não regular em uma Combi já antiga e que constantemente estava passando por manutenção.

Na ocasião estiveram presentes o presidente da Pestalozzi, Eliel Lima, o presidente do Rotary Club, advogado Herbert Junior, alguns vereadores, além do prefeito Francisco Nagib. A relação estreita com Codó vem se intensificando na medida em que há o interesse por parte do parlamentar em se fazer presente na região por conta da sua provável candidatura ao governo do estado neste ano.

Parabéns ao parlamentar e em especial a todos que deram sua contribuição para que esse benefício pudesse chegar a ser concretizado.

0

Caravana de Lula é atacada com pedras e ovos em Santa Catarina

brasil-lula-caravana-erechim-20180325-001-copy

A caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi atacada com pedras e ovos por manifestantes contrários ao petista durante a passagem por São Miguel do Oeste (SC), na tarde deste domingo, 25. Lula participou de manhã de um ato com agricultores familiares em Nova Erechim (SC). Durante o evento, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, alertou para a presença de manifestantes contrários ao ex-presidente em São Miguel do Oeste.

As pedradas chegaram a trincar os vidros de dois dos três ônibus que integram a caravana, entre eles o veículo em que Lula viajava. Cerca de trinta manifestantes fecharam o trevo de acesso à cidade. Quando a caravana parou, os limpadores de para-brisas dos ônibus foram arrancados, diversos ovos atirados contra os vidros dos veículos e, depois, as pedras. Um dos ovos atingiu o carro da reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

“O que aconteceu foi um atentado criminoso. Poderia ter acontecido uma tragédia. O motorista ficou sem visibilidade”, disse o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do PT na Câmara. Alguns metros adiante, policiais militares acompanharam mas não interferiram na manifestação.

Os protestos violentos e tentativas de bloquear a passagem da comitiva do petista tem marcado a caravana de Lula pena região Sul, iniciada segunda-feira, em Santana do Livramento (RS). O ex-presidente foi obrigado a alterar o itinerário da viagem, fazer viagens de avião (a previsão inicial era de usar apenas ônibus) e impedido de entrar em Passo Fundo (RS).

No sábado à noite, em Chapecó (SC), houve confronto entre manifestantes anti-Lula e militantes petistas que participavam de um ato na praça central da cidade. Integrantes da caravana acusam a participação de grupos de extrema-direita apoiadores do deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

Fonte: veja.abril.com.br

2

Governo Estadual e suas escolas “in” dignas em Codó

Reitor

A mídia realizada pelo governo estadual na cidade de Codó, propagando a melhoria da qualidade da educação não passa de enganação. Uma escola digna, ultrapassa a política da cal nas paredes e aquisição de carteiras, porém passa pela nomeação, capacitação e valorização dos professores, além das melhorias estruturais e investimentos em tecnologia, pois ainda temos aulas no giz branco e quadro verde. Essa tal revolução anda longe de acontecer em Codó.

O discurso de que o “Clã dos Sarneys” terem representado um atraso para o estado, até aí concordo, mas falar que houve avanço na qualidade, onde alunos são tratados com desprezo passando um ano letivo completo sem ter um professor de Física ou Matemática? Este problema é pontual e resolvível. Se formos fazer um levantamento ainda há escola com algumas carências de profissionais.

Na Trizidela, alunos sofrem sem ter uma escola com padrões dignos, para assistir aulas ou praticar esportes, pois o único local que a escola Reitor Ribamar Carvalho possui e que parecia com uma quadra já não atende mais às necessidades mínimas, sem contar que os alunos não têm laboratório de informática ou um espaço para utilização de multimídia, para ser mais sincero, nem mesmo vigilância interna a escola possuía ao longo do ano de 2017.

Quando vamos para a Escola Luzzenir Mata Roma, a coisa melhora um pouco, mas que o trato com seus clientes (alunos) ainda não é o padrão FIFA, seus alunos ainda esperam o recomeço da construção da polêmica Quadra Poliesportiva que está sem avanço há pelo menos cinco meses. Então pergunto, a culpa ainda é dos “Sarneys”?

0

Muito blá blá blá e pouca ação prática na defesa do Rio Itapecuru na “Semana de Proteção à Água”

lagoa-da-trizidela2-1

Durante a semana passada, a cidade de Codó a comitiva da Secretaria Estadual de  Meio Ambiente e a palavra em evidencia no evento foi a prevenção. Com o Tema: “Avanços e Desafios da Gestão das Águas” dá pra se ter uma noção do quão demagógico foi o evento. Por Codó, passa um dos rios mais importantes para o estado do Maranhão, principalmente por seu volume de água, extensão considerável de cidades com cobertura e principalmente por possibilitar o abastecimento de cerca de 40% das residências de São Luis.

Como podemos tratar de um assunto tão importante às vésperas de uma eleição estadual, se durante os primeiros anos da atual legislatura poucos foram os momentos de debate sobre o bem mais precioso que temos, e diga se de passagem o que poderá ocasionar uma futuramente uma guerra mundial, pois há estudos que apontam que uma nação será considerada rica se tiver fontes de água potável?

Em Codó, não temos uma política de preservação dos mananciais e tão pouco das fontes naturais de água, onde a mesma Secretaria que organizou o debate com a temática ” Avanços e desafios da Gestão da Água”, foi a mesma responsável por desmatar uma extensa área do Sítio do Itapiracó em São Luis, para a construção de uma área de lazer, na imagem abaixo, podemos ter uma noção do que foi feito, um desmatamento de parte de uma área importante, onde nem mesmo sobra para os frequentadores do local há e nos horários de maior insolação podemos ter uma noção.

sema

Já em Codó, a polêmica construção do parque Ambiental pela SEMA, já causa grandes prejuízos aos moradores do entorno, onde as primeiras chuvas já alagaram casas e avenidas, deixando um rastro de prejuízo a comerciantes. Sem contar que ali possuía umas fontes naturais de água que acabaram recebendo um aterramento criminoso.

Para concluir, percebemos que a aproximação de um processo eleitoral, torna os governantes mais susceptíveis aos anseios da população, mas que às vezes eles extrapolam a lógica e ao bom senso, pois a velha lagoa da Trizidela, tinha várias funções bem mais importantes que um simples aterro, e o Secretário Estadual de Meio Ambiente poderá deixar o cargo sem um legado, de realmente ter tornado o debate sobre a ÁGUA bem mais técnico e menos político. Já que sabemos que no Maranhão manda quem tem dinheiro, principalmente dos que exploram a natureza para enriquecimento.

Quem é que não sabe que a maior fábrica de Codó despeja dejetos em galerias que vão até o Rio Saco e Codozinho?

Quem é que não sabe que os donos de dragas que extraem areia do Rio Itapecuru, causando o alargamento das suas margens e assoreando seu leito, são apadrinhados de políticos?

Quem?

Quem?

0

Tecnologia – Robótica leva estudantes de Açailândia para competição internacional

Robótica_Açailândia.-Crédito-Leando-Rabelo8-min-700x467

Estudantes do município de Açailândia (MA) vão participar da International Tournament of Robots (ITR), competição internacional de robótica que vai acontecer entre os dias 06 e 09 de junho, no Centro Universitário ENIAC, em São Paulo. As duas equipes são do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Açailândia e foram classificadas durante a etapa nacional do concurso que aconteceu em novembro, em São Luís (MA). Na ocasião os estudantes maranhenses foram vice-campeões e receberam, também, a terceira posição na competição.

O IFMA Campus Açailândia tem se destacado na área de robótica nos últimos anos. As atividades tiveram início em 2015 quando uma equipe do curso técnico em Eletromecânica conquistou o terceiro lugar na etapa Maranhão da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). Atualmente o professor do Instituto Brehme Dnapoli coordena o trabalho de robótica com os alunos do campus. “O conhecimento multidisciplinar por trás da robótica faz com que os alunos entendam outras culturas, outros modos de compreender a realidade. Esse ambiente inspirador e desafiador que a robótica possui é uma característica muito forte que atrai não somente os estudantes, mas também os professores”, explicou.

No total são 20 estudantes envolvidos com robótica no Campus Açailândia, sendo duas equipes do curso de Eletromecânica e três do curso de Automação Industrial. A proposta é que o núcleo de robótica seja institucionalizado no IFMA e, com isso, mais estudantes possam se envolver nas atividades.

Robótica aplicada ao ensino – A estudante do curso técnico em Automação Industrial do IFMA, Layna Marques, de 15 anos, explicou que o trabalho do núcleo de robótica do campus é multidisciplinar o que vem contribuindo para a sua vida acadêmica. “Sempre admirei trabalhos envolvendo robôs. É uma área que eu gosto e a ideia de construir e programar um robô me animou muito. Nosso trabalho envolve física, lógica, matemática e, até mesmo, biologia, já que o sistema do robô pode ser comparado com o nosso próprio corpo humano”, destacou.

Já Aline Azevedo, de 15 anos, também do curso técnico em Automação Industrial do IFMA, ressaltou a versatilidade e a inovação que envolve o trabalho com robôs. “Desde que descobri do que se tratava a robótica eu fiquei bastante interessada em estudar mais sobre o assunto. É um tema bastante atual e inovador e que engloba conceitos sociais e pedagógicos. É interessante ver que ela pode ser aplicada em vários locais, além de competições, e que pode auxiliar bastante a vida do ser humano”, disse a estudante.

Portal IFMA