2

Briga entre Secretária e Diretora contribuiu para fechamento de Biblioteca Pública Professor Fernando Carvalho em Codó

boblioteca

Há aproximadamente 10 dias, uma das decisões mais absurdas da gestão “Mais avanços, mais conquistas” foi tomada, causando uma espécie de entendimento de que o “Clã” dos Oliveiras quer mesmo a população cada vez mais tapada, inerte e sem conhecimento.

O fechamento da Biblioteca Pública Professor Fernando Carvalho, situada no Centro da cidade de Codó no período noturno tirou, até então, o direito de pessoas que trabalham durante o dia e que tinham no período noturno a opção de buscar conhecimento individualmente ou em grupo, assim era a rotina daquela “Casa do Saber” das 18 às 22h, de segunda a sexta-feira.

O horário não é daqueles bem movimentados, mas a população tinha nesse momento uma opção de encontro para realizar trabalhos de faculdades ou até mesmo atividades escolares. Alguns professores passavam constantemente por lá para preparar suas aulas.

O Blog do Bezerra tomou conhecimento e após apurar, constatou que, o que levou ao fechamento da Biblioteca, foi na verdade uma quebra de braços travada entre a Diretora Aparecida Salém e a Secretária de Administração Délia Assen.

As duas nunca tiveram uma relação muito amigável na gestão, mas dona Délia Assen gozava de muito  prestígio dentro da prefeitura, mas que ao longo do tempo, esse prestígio foi diminuindo até que a conveniência se encarregasse de mantê-la no cargo.

A atual diretora da biblioteca é um “tipo de pessoa que só anda de salto muito alto”, assim ela é descrita pelos próprios funcionários daquela casa, e olha que a aceitação da chefa é das mais baixas possíveis, nem mesmo outros diretores de departamentos não vêm nela uma pessoa de boa relação. No campo profissional, dona Salém chegou a declarar que a biblioteca durante a noite só servia para receber maconheiros.

Um certo dia, dona Aparecida tentou empregar alguns amigos, não tendo muito sucesso junto aos subordinados do prefeito Francisco Nagib, vendo que o pedido não era aceito, Salém resolveu aguardar o momento certo de dar um bote. Não demorou muito, pois a Secretária de Administração da prefeitura, havia lotado na biblioteca duas ou três pessoas de sua confiança.

Sem prestígio, a diretora da biblioteca correu até o prefeito e o convenceu de que não era rentável manter uma biblioteca funcionando durante a noite, pois ninguém freqüentava aquele local, apenas alguns drogados. Quando soube que dona Délia Assen havia mandado por conta própria pessoas para trabalhar na biblioteca, Nagib pediu para seu subordinado, João dos Plástico assinar um documento suspendendo as atividades da Biblioteca durante a noite e assim foi feito.

decisão 2

Diante da decisão tomada por João dos Plástico, não restou outra alternativa para Délia Assen, a não ser retirar os lotados na biblioteca e aguardar a oportunidade de colocá-los em outro setor, enquanto que a diretora da biblioteca, no ápice de sua influencia junto ao prefeito comemorou a decisão, do fechamento da biblioteca durante a noite e a saída dos indicados pela secretária de administração.

Fica aqui a pergunta, onde fica a população nesse fogo cruzado?

Na verdade, a população é a que mais sofre. Uma coisa que o prefeito talvez não saiba é que “Fechar uma biblioteca, é também fechar os olhos do povo, pois onde há livro, há conhecimento e onde há conhecimento, há também a possibilidade de ruptura ou a derrubada da barreira das trevas para a luz”!

A população ta engasgada prefeito, com mais esta decisão de tirar a oportunidade de liberdade!

Bezerra

2 Comments

  1. Como colocado por você na matéria, os únicos que perderam foram a população.
    Se poderia sim, estar colocando uma matéria sobre a biblioteca municipal está recebendo novas referencias para estudos, isso sim, seria um investimento na educação, onde tanto se pregou em eleição e se prega em eventos. Mas o que estamos vendo e o retrocesso,não se investe em educação somente reformando escolas, mas dando condições de trabalho, investindo em materiais escolares de qualidade, referencias excelentes e capacitação dos profissionais, alem de incentivos financeiros para os professores poderem ter mais qualidade de vida.

  2. Ora ora minha senhora, se a noite só vai maconheiro, é pq o esposa dela aparece para buscá-la no serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *