0

E tome pressão! Funcionários com Cargos Comissionados na prefeitura de Codó estão sendo coagidos a não aderir a Portabilidade

606649

Recebi anteontem, via email do Blog, a denúncia de um funcionário que tem Cargo Comissionado na Prefeitura de Codó e o mesmo está recebendo pressão de seu chefe imediato (Secretário) para não aderir à Portabilidade dos Bancos, sob pena de ser destituído do cargo.

Caro Bezerra, tentei conversar com o Secretário XXXXX, para buscar orientação sobre a obrigatoriedade ou não de mudar de agência recebedora de nossos salários, porém de forma muito deselegante o Secretário XXXX, me tratou com bastante rispidez me deixando constrangido diante de várias pessoas, onde o mesmo disse: “… vai, vai fazer a mudança de banco pra você ver só! tente pelo menos, depois diz que defende o governo um m… desse!”

Bom, percebemos aí como estão sendo tratados até mesmo os mais próximos do Chefe do Executivo Municipal, esse tom de voz não é diferente do utilizado na Fábrica com os colaboradores, de forma muito desumana no trato com pessoas.

De acordo com o apurado, há muita gente preocupada com os possíveis prejuízos que tal mudança poderá trazer. Como deu pra perceber há um jogo de interesses nesse caso, que deveria até ser investigado pela justiça, pois de forma coercitiva os servidores públicos estão sendo obrigados a fazer algo contra vontade. Isso é ridículo prefeito!

0

Ataque com van em Barcelona deixa 13 mortos e mais de 100 feridos

6085490_x720

Barcelona – Uma van atropelou um grupo de pessoas na avenida mais famosa de Barcelona nesta quinta-feira, matando 13 pessoas, em ataque que foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

As autoridades disseram que o número de mortos pode aumentar, uma vez que havia mais de 100 pessoas feridas, algumas gravemente.

A polícia informou mais cedo que prendeu dois homens, um marroquino e outro do enclave norte-africano de Melilla, pertencente à Espanha, mas nenhum dos dois era o motorista da van. Testemunhas disseram que o motorista fugiu a pé.

Ainda não estava claro quantos agressores estiveram envolvidos no ataque.

Também na quinta-feira, horas antes do atropelamento, uma pessoa morreu em uma explosão em uma casa a cerca de 100 km de Barcelona, em um incidente ligado ao ataque, acrescentou a polícia. Os moradores da casa estavam preparando explosivos, segundo uma fonte da polícia catalã.

Em outro incidente, a polícia matou a tiros um homem que dirigiu um carro contra um posto de controle da polícia em Barcelona, embora não houvesse evidência de que isso também estava relacionado com o ataque da van.

Testemunhas disseram que a van acelerou em zigue-zague em alta velocidade pela avenida Las Ramblas, coração turístico da cidade, derrubando pedestres e deixando corpos espalhados pelo chão.

A agência de notícias do Estado Islâmico, Amaq, informou: “Os perpetradores do ataque de Barcelona são soldados do Estado Islâmico e realizaram a operação em resposta a pedidos para alvejar Estados da coalizão”, em referência a uma coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o grupo militante sunita.

A reivindição não pôde ser imediatamente verificada.

A Espanha tem várias centenas de soldados no Iraque, treinando as forças locais na luta contra o Estado Islâmico, mas não está envolvida em operações terrestres.

Se o envolvimento dos militantes islâmicos for confirmado, seria o mais recente em uma série de ataques nos últimos 13 meses em que eles usaram veículos para levar carnificina às ruas das cidades europeias.

Esse modus operandi –brutal, mortal e muito difícil de evitar– matou bem mais de 100 pessoas em Nice, Berlim, Londres e Estocolmo.

“Ouvi gritos e uma batida e então só vi a multidão correndo e essa van passando pelo meio das Ramblas, e soube imediatamente que era um ataque terrorista ou algo do tipo”, disse a testemunha Tom Gueller à emissora britânica BBC.

“Não estava reduzindo. Estava simplesmente indo em frente pelo meio da multidão no meio das Ramblas.”

Esse foi o ataque mais mortal na Espanha desde março de 2004, quando militantes islâmicos colocaram bombas em trens de passageiros em Madri, matando 191 pessoas e ferindo mais de 1.800.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, anunciou três dias de luto oficial pelo que chamou de “ataque jihadista”.

“Hoje a luta contra o terrorismo é a principal prioridade para sociedades livres e abertas como a nossa. É uma ameaça global e a resposta deve ser global”, disse ele em entrevista coletiva em Barcelona.

A casa real espanhola informou no Twitter: “Eles são assassinos, nada mais do que criminosos que não nos aterrorizam. Toda a Espanha é Barcelona. Las Ramblas voltarão a ser de todos.”

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou: “Os Estados Unidos condenam o ataque terrorista em Barcelona, Espanha, e farão o que for necessário para ajudar.”

Agência Reuters

0

13ª OBMEP – Divulgado resultado de classificados para a 2ª Fase da Olimpíada Brasileira de Matemática

obmep2017

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA, divulgou o resultado dos alunos classificados para a 2ª Fase das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP que neste ano contou com a participação de alunos das escolas particulares de todo país.

Através do link abaixo, você poderá ter acesso ao resultado por escola, bem como saber também o local das provas da segunda fase. Há duas formas de ter acesso ao resultado da 1ª Fase, primeiro como professor e segundo como aluno, bastando apenas seguir as instruções.

 

RESULTADO DA 1ª FASE – CLICK AQUI

CADASTRAMENTO DE PROFESSORES  – 14/04 A 22/09

CADASTRAMENTO DE PROFESSORES – CLICK AQUI

0

STJ mantém condenação que nomeou latrocida como assessor

madureira_620p

Ex-vereador de Várzea Grande, João Madureira (PSC) teve os direitos políticos suspensos e deve devolver salário pago ao assessor.

A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a pretensão de um ex-vereador de Várzea Grande (MT) condenado com base na Lei de Improbidade Administrativa por ter indicado para seu gabinete um assessor que estava preso em regime fechado no momento da nomeação.

Por maioria, a turma seguiu a posição do ministro Benedito Gonçalves, pelo não conhecimento do recurso em virtude da impossibilidade de serem reexaminadas as conclusões do tribunal de origem sobre a presença ou não de dolo na conduta do ex-vereador.

Segundo o ministro, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso manteve a sentença condenatória por entender que houve dolo na conduta do ex-vereador ao indicar para o cargo de assessor parlamentar um homem que cumpria pena de 20 anos por roubo seguido de morte. Dessa forma, de acordo com o ministro, seria inviável inverter tal entendimento, já que isso exigiria o reexame das provas do processo, o que não é admitido em recurso especial.

A turma considerou que a Súmula 7 do STJ impede a análise dos argumentos apresentados pelo ex-vereador, entre eles o de que não teria conhecimento da condenação e o de que não seria o responsável direto pela nomeação, já que apenas indicou o assessor para o cargo.

Trabalho impossível

Segundo a denúncia do Ministério Público de Mato Grosso, a sentença que condenou o homem indicado para o cargo transitou em julgado em outubro de 1997, e ele foi nomeado para o período de maio de 1999 a dezembro de 2000.

Ainda segundo o MP, além da nomeação ser ilegal, o assessor estava efetivamente preso nesse período, inviabilizando o trabalho, independentemente de a função não exigir o cumprimento de jornada diária na Câmara de Vereadores de Várzea Grande.

Com a decisão do STJ, fica mantida a sentença que condenou o ex-vereador a devolver os valores de salário pagos ao assessor preso, além de multa de cinco vezes o valor da remuneração de vereador, suspensão dos direitos políticos por três anos e proibição de contratar com o poder público também por três anos.

0

VILA NOVA DOS MARTÍRIOS – TAC estabelece adequação de carga horária nas escolas da rede pública

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) firmou, em 14 de agosto, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura de Vila Nova dos Martírios, solicitando que seja respeitada a carga horária mínima estabelecida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) nas escolas da rede pública municipal.

Assinaram o documento os promotores de justiça Lucas Mascarenhas de Cerqueira Menezes (Promotorias da Defesa da Criança e do Adolescente e Defesa da Educação) e Nahyma Ribeiro Abas (Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e das Ordens Tributária e Econômica) de Imperatriz, além da prefeita de Vila Nova dos Martírios, Karla Cabral Souza.

Vila Nova dos Martírios é termo judiciário de Imperatriz.

LDB

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996) determina a carga-horária escolar mínima anual de 800 horas, distribuídas em 200 dias letivos. A mesma legislação também define uma hora-aula como 60 minutos.

“É um direito dos alunos e é dever do gestor educacional cumpri-lo rigorosamente, não somente para equalizar em todo território nacional, como também para garantir um mínimo de tempo a fim de assegurar o princípio de padrão de qualidade como estabelece a Constituição”, esclarecem os promotores.

Na análise dos representantes do Ministério Público, os projetos pedagógicos podem determinar a duração de uma hora-aula para menos de 60 minutos, desde que não promovam a diminuição das horas anuais mínimas destinadas aos estudantes e a redução dos dias efetivos de trabalho escolar.

CARGA HORÁRIA

O acordo estabelece que dois terços da carga-horária dos professores nas escolas municipais sejam gastos diretamente em atividades em salas de aula com os alunos.

O TAC define, ainda, que as atividades extraclasse – estudo, planejamento e avaliação – sejam realizadas nas dependências da escola, em uma sala com ventilação, com equipamentos adequados e privacidade.

A multa estabelecida é de R$ 5 mil diários.

Redação: Adriano Rodrigues (CCOM-MPMA)

0

Escola Remy Archer a um passo da final no futsal dos Jogos Escolares Maranhenses

  1. remy

O desporto educacional está a um passo de um feito inédito para esporte codoense, está sendo realizado na capital do estado os Jogos Escolares Maranhenses, na categoria infantil. Para a competição foram classificadas várias equipes codoenses, porém a única que ainda disputa uma vaga inédita para a final na modalidade Futsal é a escola Remy Archer.

Vale lembrar que a última escola a disputar uma final na modalidade Futsal infantil, foi a Complexo Renê Bayma em 2001, quando a escola localizada no bairro São Francisco sagrou se campeã, de lá para cá, apenas o Colégio Olympus conquistou três medalhas de bronze.

As meninas do time de Futsal Infantil da escola Remy Archer, comandadas pelo professor Lukas Souza,  disputarão uma das semifinais contra a escola Duque de Caxias (Imperatriz), o confronto está marcado para as 08h 40min, no Ginásio Guioberto Alves e vale a nossa torcida para as meninas que têm idades que variam de 12 a 14 anos e que realizaram uma campanha de muito sucesso até aqui.

Nesta quinta #somostodosRemynosJEMs

0

Governo do Estado promove passeio turístico para alunos atletas dos JEMs 2017

DSC_9113Conhecer a capital do Maranhão, São Luís, para além das quadras e ginásios esportivos. Esse é um dos principais motivos para a inclusão do Passeio Cultural e Turístico dos JEMs, competição estudantil promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel).

As 15 h da terça-feira (15) os alunos atletas dos municípios de Santa Luzia do Tide, Caxias, Estreito e Anajatuba já estavam esperando ansiosos no ônibus para conhecer o Centro Histórico de São Luís. Ao desembarcar, a Beira-Mar foi o primeiro lugar a deixar os estudantes maravilhados.

Aliar o esporte à educação transforma o aluno, desenvolvendo a oportunidade e senso crítico, como descreve o guia-turístico João Marcelo. “Como os JEMs são uma competição entre cidades, é importante que os alunos tenham esse momento de lazer. O conhecimento que eles adquirem não vem só do ouvir falar, mas de ter o contato com esses ambientes de lazer”, explicou.

Natural do município de Caxias, Hérica Oliveira, de 12 anos, falou sobre a oportunidade de conhecer a cidade. “É a primeira vez que venho a São Luís e eu estou achando bem legal; bem interessante”, falou, enquanto admirava os monumentos arquitetônicos da Rua Portugal.

Assim como Hérica, Davi Marinho, de 12 anos, da cidade de Estreito, teve seu primeiro contato com o Centro Histórico. “Estou achando o passeio muito bom. Com os JEMs, que participo pela primeira vez, tenho oportunidade de aprender coisas novas”, disse.

Passeios culturais como diferencial esportivo-educacional

DSC_9023Lenise Vieira, da delegação de Anajatuba, enfatizou a importância de trazer oportunidades como essa para os participantes dos JEMs. “Esses passeios são importantes pelo aprendizado que proporcionam ao aluno. Nem todos tem a oportunidade de conhecer a capital maranhense, então isso é muito bom”, afirmou.

Os olhares atentos à explicação do guia demonstraram, durante todo o passeio, a chance dos alunos serem turistas, além de atletas. “Mesmo o passeio sendo no mesmo Estado, é muito bom agregar novos conhecimentos. Assim, eles se sentem turistas como qualquer outra pessoa que visita São Luís. Os passeios são momentos de acrescentar na vida desses jovens, deixando ainda mais fácil a comunicação e interação entre eles”, acrescentou João Marcelo.

Fonte: SEDEL/MA

0

Aliados do prefeito de Codó começaram a tirar o povo de Pedro Belo da UPA

Começou a Operação de retirada dos funcionários que trabalham na Unidade de Pronto Atendimento – UPA da cidade de Codó. De forma discreta, o novo diretor já começa a apontar para o rumo da limpeza de retirada dos aliados do ex vereador Pedro Belo que ainda mantinham vínculos políticos com o político e aos poucos os aliados do prefeito Francisco Nagib começam a ser lotados e ou beneficiados com prestação de serviços.

De acordo com o apurado até o momento, o primeiro a sair foi o responsável pela alimentação dos pacientes, médicos e demais funcionários que realizam as refeições naquele órgão. A nova beneficiada será uma aliada que possui um hotel e restaurante na cidade de Codó.

De acordo com o apurado também, é que a estratégia a ser adotada será a do assédio moral para forçar as próprias pessoas a pedir para sair ou para aqueles que declararem atestado de incompetência.

0

Haja paciência – Aulas ainda não recomeçaram para estudantes da Trizidela

escola

Ainda não foi esta semana que os alunos da Unidade Integrada Governador Archer,  puderam ter uma noção de quando vão poder retornar às aulas neste segundo semestre. Em meio a muitas mentiras veiculadas nos meios de comunicação do prefeito, a escola ainda não recebeu os ventiladores, quadros atômicos, mobília e carteiras.

Sem dúvida o que mais revolta os pais, professores e alunos é a falta de comunicação por parte da SEMECTI, vários pais de alunos já tentaram buscar informações a respeito de alguma definição, porém sem sucesso. Ao denunciar no programa de rádio no horário matinal, o apresentador tenta evitar comentários. Enquanto isso, nada de definição!

2

Uma mão lava a outra – Prédio onde vai funcionar o anexo do Bradesco pode ser de parente do prefeito

bradesco

É fácil entender o que possa estar rolando nos bastidores da nossa política, como num jogo de estratégia e aos poucos, o grupo que comanda a política de Codó vai alocando valores a aliados, amigos próximos e familiares para serem beneficiados pela máquina pública.

Da vez em que Zito Rolim rompeu com o grupo político liderado pelo empresário Francisco Carlos Oliveira, rolou algumas especulações de que um dos motivos do racha político  entre ambos, seria por conta dos interesses pessoais de cada um em agregar valores, justamente na prestação de serviços, aluguéis de carros e imóveis, inclusive a ex residência  do empresário era alugada para a prefeitura por valores muito acima dos padrões do mercado imobiliário codoense.

Hoje, estamos vendo a sede em passar logo para o Banco Bradesco a responsabilidade das transferência dos salários dos servidores públicos municipais que terão que, obrigatoriamente abrir contas naquela instituição financeira.

Fontes seguras, dão conta de que o ponto comercial alugado para o Bradesco pode ser de propriedade de um parente do atual prefeito de Codó, o local era anteriormente alugado para uma Instituição Religiosa e que durante os últimos meses estava desocupado e agora alugado para o banco. Não nos foi passado o valor, porém podemos deduzir duas coisas:

1- Sabendo como é a filosofia financeira de um empresário (quanto mais tem, mais quer) e com certeza o prédio não foi cedido ou doado  ao banco;

2 – As cifras não são tão pequenas.

Sabemos que não há ilegalidade no ato, porém há a quebra do Princípio da Moralidade por conta da relação institucional que está sendo mantida com a Pessoa Jurídica da Prefeitura e o Banco Bradesco, onde um dos beneficiados na situação pode ser esse parente do prefeito.

Adivinha quem é a pessoa beneficiada?

Quem acertar ganha um docinho!