0

Membros da Academia Codoense de Letras, Artes e Ciência têm trabalhos reconhecidos nacionalmente

8696-800x600

No ano passado foi realizado o Concurso Nacional Novos Poetas, Prêmio CNNP 2016, na época participaram do concurso vários brasileiros de várias cidades do país, onde cada candidato pôde se inscrever com até dois poemas de sua autoria, onde o  texto tinha de ser em língua portuguesa. O tema foi livre, assim como o gênero lírico escolhido. Ao final  250 poemas classificados, entre eles os poemas de dois codoenses: Jeferson Alves de Sousa e Lousanne Barbosa Paiva, ambos são membros da Academia Codoense de Letras, Artes e Ciência – ACLAC .

Academia Codoense de Letras, Artes e Ciência – ACLAC, instituição de cunho cultural criada/idealizada pelo saudoso escritor codoense João Batista Machado, teve os trabalhos poéticos dos acadêmicos (as) Jeffersson Alves de Sousa, ocupante da cadeira nº 03 patroneada pela ilustre Dr. Deoclides Guedelha de Mourão e Lousanne Barbosa Paiva, ocupante da cadeira nº 16 patroneada pelo renomado Engenheiro Dr. Antonio Oliveira Paiva, respectivamente: Janela da Vida e Ausência, publicados a nível nacional no Concurso Nacional “Novos Poetas” ano de 2016, levando o nome de Codó para além, das fronteiras do Estado do Maranhão, engrandecendo assim, a cultura codoense através do objetivo precípuo da ACLAC, de pesquisar, fundamentar e divulgar a cultura em todas as áreas do conhecimento.

A classificação dos poemas resultou num livro, Prêmio CNNP 2016. Antologia Poética. Concurso Literário e uma importante iniciativa de produção e distribuição cultural, alcançando o grande público, escolas e faculdades.

O Blog do Bezerra tem o prazer em divulgar na íntegra os poemas dos dois jovens escritores:

ACADEMIA CODOENSE DE LETRAS, ARTES E CIÊNCIA –ACLAC

JANELA DA VIDA

Jeffersson Alves*

Pela janela vejo,

o sol nascente no horizonte,

contemplo o vai e vem dos pedestres,

observo o trafego incessante dos veículos.

Pela janela vejo,

o vendedor ambulante comercializando

seus produtos de subsistência para

o ganho do pão de cada dia.

Pela janela vejo,

o menino na sua tarefa

incansável de lavar os

carros da burguesia.

Pela janela vejo,

esse mundo desleal,

sinto a angústia de quem

nada pode fazer.

Pela janela perco-me

a olhar até aonde a vista alcançar,

sem saber onde minha mente vai parar.

*Jeffersson Alves de Sousa, sócio fundador da Academia Codoense de Letras, Artes e Ciência – ACLAC, ocupante da cadeira nº 03 patroneada pela ilustre Dr. Deoclides Guedelha de Mourão. Sócio fundador do Instituto Histórico e Geográfico do Codó – IHGC, ocupante da cadeira nº 03 patroneada pelo ícone do futebol codoense Fausto dos Santos. Bacharel em Direito – FAI. Especialista em História Política do Brasil – UEMA. Especialista em Gestão Publica Municipal – UFMA.

ACADEMIA CODOENSE DE LETRAS, ARTES E CIÊNCIA –ACLAC

AUSÊNCIA

Lousanne B. Paiva*

Meu amigo, companheiro

Ao seu lado, aconchego

Não esqueço o desapego

Sua vida foi suprema

Ensinou-me plenamente

Sem palavras me educou

Para amar-te eternamente

Seus olhos, compreensão

Amor infindável

Sinto falta do teu cheiro

Sinto a dor não suplicável

Sem avisos me deixou

A sofrer com sua partida

Só espero algum dia

Encontrar-te noutra vida.

* Lousanne Barbosa Paiva, sócia fundadora da Academia Codoense de Letras, Artes e Ciência – ACLAC, ocupante da cadeira nº 16 patroneada pelo renomado Engenheiro Dr. Antonio Oliveira Paiva. Graduada em Jornalismo/UEPB; Pedagogia/FLATED,; Administração Pública/UEMA; graduanda em Direito/Faculdade Maurício de Nassau. Pós-graduada em Marketing/UNP; Jornalismo Econômico/UFRN; Gestão Pública/UFMA; Gestão e Supervisão Escolar/FAM e com MBA em Jornalismo Digital/UNINTER. Técnica em Radialismo/SENAC e Técnica em Tecnologia da Informação/UEMA. Concursada da TV Brasil.

Bezerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *