0

SAAE de Codó realiza corte irregular no fornecimento de água de usuário e ainda quer obrigá-lo a pagar a taxa de religação

saae

Só podia ser em Codó mesmo! Por essa eu já esperava. Um morador da cidade de Codó procurou nosso Blog para denunciar o descaso que tem vitimado muitos desinformados da cidade. Acontece que desde o momento da posse do atual prefeito de Codó, Francisco Nagib, a direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto do município tem fechado o cerco para os inadimplentes que deixam atrasar o pagamento de suas faturas de água. Nem mesmo os usuários beneficiados por programas assistencialistas de gestões passadas escapam, a ordem é cortar a água.

Conforme denunciamos  há um tempo, nem mesmo aos sábados o corte do fornecimento de água é suspenso, uma usuária que reside no Residencial da Trizidela foi uma das várias vítimas da dupla de bicicletas.

A última vítima do SAAE, foi uma família que estava com todas as contas em dia e mesmo assim teve o fornecimento de água suspenso, imediatamente o responsável pelo pagamento procurou a Autarquia para saber porque sua água foi cortada, sem ter uma explicação convincente, a pessoa que realizou o atendimento, sem sequer protocolar o atendimento acionou uma equipe para ir até o local e realizar a famosa “religação emergencial”.

Ao chegarem na casa da vítima, três funcionários do SAAE pediram as faturas de março ( que ainda não foi entregue), em seguida pediu a do mês de fevereiro (Paga), depois pediram a de janeiro (também paga), como não encontraram embasamento para manter o corte a equipe realizou a religação.

A piada veio ao final

Antes de sair da casa da vítima, um dos funcionários alertou ao usuário para o mesmo se deslocar logo cedo na segunda-feira até a sede do SAAE, sob pena de ser formalizada a cobrança da taxa de religação emergencial da água do cidadão. É mole ou quer mais?

Bezerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *