A derrota para a Alemanha pode nos fazer aprender muito, mas tá difícil

Parafraseando Milton Mendes treinador do Atlético Paranaense, ele disse que:

“Cada vez que um treinador vai embora, é dispensado, é mais um gol da Alemanha”

Concordo com ele e acrescento que …

Cada vez que um jogador passa fome nas categorias de base no Brasil, é um gol da Alemanha;
Cada vez que o jogador a ser aprovado em uma peneira de time grande, médio ou pequeno é aquele cujo empresário está pagando propina, e não aquele que realmente tem mérito para tal, é mais um gol da Alemanha;
Cada vez que o jogador do treinador, do grupo de investidores ou do patrocinador do clube é titular, e o jogador melhor preparado físico e tecnicamente fica no banco, é mais um gol da Alemanha;
Cada vez que os times são administrados amadoramente por esses cartolas e não de forma profissional, é mais um gol da Alemanha;
Cada vez que os jogadores ficam meses sem receber seus salários, luvas ou direito de imagem, é mais um gol da Alemanha;
Cada vez que o calendário dos campeonatos são mal planejados sacrificando os corpos dos jogadores e os horários decididos pela emissora que tem o direito de transmitir os jogos, é mais um gol da Alemanha;
Enquanto imperar no futebol brasileiro a corrupção, a ladroagem, o jeitinho brasileiro, o amadorismo dos dirigentes que podem entender de tudo menos de futebol, será eternamente mais sete gols da Alemanha;
E sabe porque perdemos de 7 x 1, porque o número 7 é o símbolo da perfeição, se quisermos ter de volta o melhor futebol de mundo teremos que aprender a fazer tudo de forma correta e honesta;
E o número 1 representa a esperança para aquele que por muito tempo foi o melhor futebol do mundo, a única Seleção penta campeã!
Por Regina Márcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.