Angelina entre as melhores da primeira fase do Sul-Americano sub-17

A Seleção Brasileira Feminina sub-17 garantiu a classificação para o quadrangular final do Campeonato Sul-Americano da categoria. Após o empate em 0 a 0 contra a Colômbia, também classificada, o time canarinho assegurou a primeira colocação do Grupo B, com duas vitórias e um empate em três jogos. Titular absoluta do técnico Luiz Antônio, a vascaína Angelina se destacou na parte inicial do torneio. A meio-campista fez excelentes partidas e entrou na seleção da primeira fase da competição.
– O campeonato é de alto rendimento. Sabíamos que quando chegássemos aqui, não teríamos moleza. Mas a gente se preparou bem e temos mostrado isso nos jogos. Estamos felizes por termos nos classificado para a fase final e bem animadas para conseguir o título e a vaga para o Mundial. Ter ficado entre as melhores me deixa muito contente, mas meu objetivo é conseguir o título com a ajuda de toda a equipe – ressaltou Angelina.
O time verde e amarelo também teve a zagueira Isabella Fernandes na seleção da primeira fase do Campeonato Sul-Americano. O Brasil enfrenta na próxima segunda-feira (14/03) o Paraguai, que se classificou pelo Grupo A com a Venezuela. A partida será às 10 horas no horário de Brasília. Ainda no quadrangular, as brasileiras duelarão com a Colômbia (em 17 de março) e a Venezuela (20 de março.

Ministério Público do Maranhão implanta Diário Eletrônico

DSC 0849 reduz

Regina Rocha recebeu equipe responsável pela implementação do Diário Eletrônico

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) iniciou, no dia 1º de março, a publicação e a divulgação dos atos processuais e administrativos da instituição por meio do Diário Eletrônico do Ministério Público do Maranhão. Os documentos podem ser acessados no endereço “www.mpma.mp.br/index.php/diario-eletronico-do-mpma” e também em um banner na página inicial “www.mpma.mp.br”.

A apresentação do Diário Eletrônico foi feita à procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, na manhã da última quarta-feira, 9, pelos membros da Coordenadoria de Modernização e Tecnologia da Informação (CMTI) e Coordenadoria de Documentação e Biblioteca (CDB).

Também participaram do encontro, a diretora da Secretaria para Assuntos Institucionais, Fabíola Faheína Ferreira, o promotor de justiça e diretor-geral em exercício, Emmanuel Soares, e o assessor de Planejamento, Marcelo Amorim.

INOVAÇÃO

O Diário Eletrônico do MPMA foi instituído pela Lei Nº 10.399, de 29 de Dezembro de 2015. O código do sistema foi disponibilizado pelo Tribunal de Justiça e, em seguida, foi aperfeiçoado e adaptado pela CMTI para utilização pelo Ministério Público do Maranhão.

Até a conclusão dos trabalhos de aprimoramento da plataforma digital, os documentos da instituição serão publicados também no Diário Oficial do Maranhão.

“Destaco o trabalho primoroso de todos os servidores envolvidos na implantação do nosso diário eletrônico. O Ministério Público tem avançado bastante no aperfeiçoamento de sua gestão e isso se deve ao esforço conjunto de membros e servidores”, avaliou Regina Rocha.

Da Coordenadoria de Documentação e Biblioteca, trabalharam na implementação do Diário Eletrônico a coordenadora Maria dos Remédios Ribeiro e os servidores Karina Vale, Abimael Lopes e Rômollo Malta.

Além do coordenador da CMTI, Alan Robert Ribeiro, os servidores Leonardo Sampaio, Ricardo Coelho, Moizanilton Soares, Leonardo Dorneles e Thiago Nunes contribuíram para implantar a plataforma digital.

Redação: CCOM-MPMA

PF encontra cofre de Lula com joias e obras de arte

A Polícia Federal encontrou uma sala-cofre em uma agência do Banco do Brasil, em São Paulo, que guarda bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O acervo está guardado em 23 caixas lacradas desde janeiro de 2011 – mês em que o petista deixou a presidência. No total, são 133 itens, incluindo joias e obras de arte que o ex-presidente recebeu de outros governantes enquanto estava no cargo. A descoberta foi comunicada pela PF ao juiz federal Sergio Moro em relatório que inclui fotos do local e de algumas peças.

Entre os itens encontrados no cofre está um crucifixo barroco. Segundo a coluna Radar, a obra esculpida por Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, desapareceu do Planalto depois da mudança de Lula.

O cofre localizado no Banco do Brasil da Rua Líbero Badaró foi encontrado casualmente pela PF. Durante buscas na residência de Lula, em São Bernardo do Campo, em 4 de março, dia em que o petista foi conduzido coercitivamente pela PF para depor na Lava Jato, os agentes encontraram um documento que fazia referência ao cofre. Ao encontrar a pista, a PF pediu a Moro autorização para estender a busca para o Banco do Brasil, e o juiz consentiu.

“Foram encontradas nas caixas de papelão, de modo geral, peças decorativas, espadas, adagas, moedas, canetas e condecorações”, diz o relatório da PF, subscrito pelo delegado Ivan Ziolkowski, que ilustrou o documento com fotos de peças do acervo. O relatório informa que “as caixas foram depositadas no dia 21 de janeiro de 2011 e foi informado que pertenciam à Presidência da República. Durante todo esse período o material não foi movimentado ou alterado. Relatou ainda que não há custo de armazenagem para o responsável pelo material.”

(Com Estadão Conteúdo)

Movimento Maranhão contra a Corrupção lança carta aberta e enunciados

índiceO movimento Maranhão contra a Corrupção divulgou, nesta sexta-feira (11), a Carta Aberta elaborada no dia 4 de março de 2016, durante o seminário realizado pelo movimento em São Luís, bem como os enunciados do movimento. A iniciativa é de juízes, promotores e procuradores de contas, com apoio do Poder Judiciário do Maranhão, Ministério Publico Estadual e de Contas, Tribunal de Contas e respectivas escolas.

Leia a carta na íntegra:

CARTA ABERTA MOVIMENTO MARANHÃO CONTRA A CORRUPÇÃO

Aos quatro dias do mês de março de dois mil e dezesseis, os Juízes de Direito, Promotores de Justiça e Procuradores de Contas presentes ao Seminário sobre Improbidade Administrativa e Crimes Contra a Administração Pública, depois de três dias de palestras e intensas discussões com enfoques diversos sobre o tema proposto, reunidos em plenária, às dezoito horas, no auditório da Associação dos Magistrados do Maranhão, entenderam ser necessário o lançamento de algumas ideias gerais e outras específicas para as instituições do sistema de justiça; todas voltadas à construção de uma sociedade pautada na ética e probidade na administração pública e na vida de cada cidadão.

Assim, resolvem declarar que:

a) O enfrentamento da corrupção é uma importante medida de prevenção a violações de Direitos Humanos, porque são os recursos destinados à saúde, educação, previdência, segurança pública e outros que são imprescindíveis para a efetividade dos direitos fundamentais que mais são afetados pelos desvios éticos na administração pública;

 b) É inegável a importância da responsabilização de gestores por atos de improbidade administrativa e por crimes de corrupção, mas a redução desta depende igualmente da atitude de cada cidadão que recuse os pequenos atos de desonestidade na sua vida cotidiana e da atitude cidadã de participação do controle social da administração pública;

c)  É somente com a plena vigência do estado democrático de direito, com instituições fortes e independentes, que se pode realmente enfrentar a corrupção, porque ela existe em todos os regimes, mas apenas na democracia, com liberdade de expressão, de imprensa e de manifestação ela pode efetivamente ser enfrentada e controlada;

d) As instituições de controle interno e externo devem ser cada vez mais blindadas da influência partidária, de maneira que possam atuar de forma contundente contra os desvios éticos na administração pública;

e) É necessário dar plena efetividade aos dispositivos legais que impõem transparência, prestação de contas e controle social da administração pública por entender que estes são alguns dos mais importantes instrumentos de prevenção da corrupção;

f) É o aprofundamento da democracia e o aperfeiçoamento das instituições republicanas que mais podem influir para a maior eficiência do Estado na aplicação de políticas públicas que busquem dar eficácia aos direitos fundamentais enunciados pela Constituição cidadã de 1988;

Sobre a atuação do Poder Judiciário e do Ministério Publico em relação aos casos em que agentes políticos, servidores públicos, empresários e pessoas em geral estejam sob suspeita da prática de corrupção, os Juízes e Promotores de Justiça do Maranhão anunciam que conduzirão sua atuação de forma a respeitar sempre os princípios constitucionais do contraditório e ampla defesa, porque só assim podem dar à sociedade a garantia de que todos terão um julgamento justo, mas tais direitos jamais serão confundidos com a liberdade para procrastinação de julgamentos, até que os fatos indicados como ilícitos sejam alcançados pela prescrição.

São Luís, 04 de março de 2016.

MOVIMENTO MARANHÃO CONTRA A CORRUPÇÃO

Leia os enunciados:

Sobre os assuntos debatidos durante o Seminário sobre Improbidade Administrativa e Crimes Contra e Administração Pública, os membros do Movimento Maranhão Contra a Corrupção reconhecem como necessário garantir sempre a independência funcional de cada Juiz e Promotor natural dos processos, mas indicam alguns enunciados que podem servir de orientação, evidentemente sem qualquer efeito vinculante daqueles que participaram do movimento.

Por fim, reiteram o compromisso de combater os desvios éticos em todas as instituições, sem nenhuma exceção.

ENUNCIADOS:

1.    Aplica-se às ações de improbidade administrativa o entendimento firmado pelo STF no HC 126292, de modo que se viabiliza a execução das sanções de perda da função pública e suspensão dos direitos políticos quando confirmada a condenação do agente em 2º grau de jurisdição.

2.   Em homenagem ao princípio da confiança, aplicável à ação de improbidade administrativa, a proximidade dos fatos e das provas confere ao juiz de 1º grau a qualidade de ser quem melhor pode aferir a ocorrência de circunstâncias ensejadoras da decretação do afastamento cautelar do agente público do cargo, uma vez demonstrados os requisitos do art. 20, parágrafo único, do CPC.

3.   Os fatos descritos nas decisões dos tribunais de contas que digam respeito a irregularidades em atos e contratos administrativos são considerados provados nos termos dos artigos 374, IV e 405 do novo código de processo civil, sem prejuízo de prova em contrário.

4.   Recebida a ação de improbidade, a citação do requerido pode ser realizada na pessoa do advogado habilitado nos autos, quando este possuir poder especial para recebê-la, nos termos do art. 38, caput, do CPC (art. 105, caput, do novo CPC), mediante publicação via DJE.

5.   O processamento e julgamento das ações judiciais com base em desvios dos recursos do FUNDEB, nos Estados em que há complementação da União, são de competência da Justiça Federal.

6.   A intimação do ente público para ingressar na lide (Art. 17, § 3º, da Lei nº 8.429/1992) deve ocorrer no momento do despacho inicial (notificação para apresentação de defesa prévia).

7.    Nas ações executivas das multas impostas pelo TCE, ajuizadas pelo MPE e em tramitação, o representante judicial do Estado deverá ser intimado para assumir o polo ativo, pois se trata de multa, que é sempre receita estadual.

8.  Nas ações executivas da imputação do débito imposta pelo TCE, ajuizadas pelo MPE e em tramitação, o MPE continuará no polo ativo da ação.

São Luís, 04 de março de 2016.

MOVIMENTO MARANHÃO CONTRA A CORRUPÇÃO

 Fonte: Site do TJMA

Clima tenso na UPA de Codó, médicos ameaçam mais uma vez paralisar atividades

Parece capítulo de novela – Não é mais novidade que os salários de algumas categorias funcionais estão atrasados. Para se ter uma ideia, as pessoas que trabalham no restaurante da Unidade estão com seus salários chegando ao quarto mês de atraso, e o setor de informática com três meses de atraso e os médicos com salários no segundo mês de atraso e sabem qual foi o paliativo que a empresa que administra esse pagamento dos médicos encontrou? Pagamento parcelado e mesmo parcelado os médicos recebem com dificuldade, apesar dos representantes da Secretaria de Saúde do Estado garantir que repassam os recursos mensalmente para a empresa terceirizada, e para onde está indo esse dinheiro. Será que ainda é resquício da gestão anterior, será que essa justificativa ainda cola?

É impressionante como as pessoas que trabalham naquele local são tratadas, como podem oferecer conforto para seus familiares, se não recebem por seus trabalhos realizados? Pois, todos sabem que a crise que enfrentamos, trás consequências catastróficas para quem trabalha, agora imagine você, aqueles que trabalham e não recebem?

Se uma pesquisa de satisfação for realizada com os funcionários da UPA e que são vinculados à Corpore, empresa terceirizada que administra parte da Unidade, posso garantir com absoluta certeza, que somente os cargos de chefia e direção não dará nota zero à empresa.

Nas últimas horas da manhã desta sexta-feira (11), foi marcada uma reunião  com médicos, direção  e representantes da empresa Corpore para se chegar a um acordo, pois a ameaça de paralisação dos médicos e outros funcionários daquela casa de saúde procede.

Ministério Público de SP pede prisão preventiva de Lula

O ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixa a residência oficial do Senado após reunião

Na denúncia enviada nesta quarta-feira à Justiça contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Ministério Público de São Paulo pediu sua prisão preventiva. Os promotores também pediram a prisão de Léo Pinheiro e de executivos da OAS, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. O pedido de prisão consta de um anexo da denúncia, cuja íntegra pode ser lida aqui. O caso será analisado pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga, da 4ª Vara Criminal de São Paulo. Criminalistas consultados pelo site de VEJA explicam que o pedido de prisão feito de forma separada é usual e se dá para não afetar a eficácia da decisão judicial – evitar, por exemplo, uma fuga do denunciado.

Segundo o anexo, publicado pelo site jurídico Jota, os promotores acusam Lula de atentar contra a ordem pública ao desrespeitar as instituições que compõem o sistema de Justiça, especialmente a partir do momento em que as investigações do Ministério Público do Estado de São Paulo e da Operação Lava Jato se voltaram contra ele. O Ministério Público alega que, se não for preso, Lula poderia fugir facilmente, além de inflamar a militância para blindá-lo de qualquer investigação. “Os motivos são suficientes para permitir a conclusão de que movimentará ele toda a sua ‘rede’ violenta de apoio para evitar que o processo crime que se inicia com a presente denúncia tenha seu curso natural, com probabilidade evidente de ameaças a vítimas e testemunhas e prejuízo na produção das demais provas do caso”, diz o MP.

Dilma – Os promotores atacam também a atitude da presidente Dilma Rousseff, que nos últimos discursos criticou a Operação Lava Jato e as investigações contra o padrinho político. “A sociedade civil, a imprensa livre e as instituições públicas assistiram, surpresas, a uma presidente da República, em pleno exercício de seu mandato, interromper seus caros compromissos presidenciais para vir a público defender pessoa que não ocupa qualquer cargo público, mas que guarda em comum com a chefe máxima do Governo Federal a mesma filiação partidária”, criticam os promotores, que classificaram como “lamentável” a viagem feita por Dilma para se solidarizar com o ex-presidente. “A presidente da República veio novamente a público externar sua opinião em defesa do denunciado sobre fatos de que deveria se abster, porquanto relativos a decisão judicial relacionada a investigação que não guarda qualquer relação com os atos do governo federal”, resume o MP.

Confrontos – Os promotores afirmam que o petista “não aceitava ser investigado” e buscou “manobras” para interromper o caso, seja por meio de recursos ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), seja por pedido direto contra os investigadores encaminhado à Corregedoria-Geral do MP. “Valendo-se de sua rede político-partidária o denunciado Luiz Inácio Lula da Silva sempre buscou manobras para evitar que a investigação criminal do Ministério Público avançasse. Sempre tentou ele se valer de terceiras e interpostas pessoas para evitar que tivesse de comparecer na investigação criminal do Ministério Público do Estado de São Paulo para ser ouvido na condição de ‘investigado'”, registraram os promotores.

Os conflitos e quebra-quebras quando da intimação para que Lula prestasse esclarecimentos sobre possíveis irregularidades do tríplex do Guarujá também foram lembrados pelo MP para embasar o pedido de prisão. “O denunciado se vale de sua força político-partidária para movimentar grupos de pessoas que promovem tumultos e confusões generalizadas, com agressões a outras pessoas, com evidente cunho de tentar blindá-lo do alvo de investigações e de eventuais processos criminais, trazendo verdadeiro caos para o tão sofrido povo brasileiro”, acusa o Ministério Público.

Os promotores afirmam que “Lula jamais poderia inflamar a população a se voltar contra investigações criminais a cargo do Ministério Público, da polícia, tampouco contra decisões do Poder Judiciário”, mas teria feito exatamente isso ao convocar entrevista coletiva na última sexta-feira, horas depois de ser conduzido coercitivamente para um depoimento em etapa da Operação Lava Jato.

Super-homem – Para o MP, não é razoável dizer que Lula, por ser réu primário, não precisaria ter a prisão preventiva decretada. “O denunciado se vale de sua condição de ex-presidente da República para se colocar ‘acima ou à margem da lei’. Assim é que deseja ‘ser convidado’ para ser ouvido, deseja ‘escolher’ quem poderá investigá-lo, decide se seus familiares poderão ou não sofrer investigações”, relatam os promotores.

No pedido de prisão, os promotores citam o filósofo alemão Friedrich Nietzsche para alegar que o ex-presidente Lula, embora já tenha ocupado o mais alto cargo da administração pública federal, não é um “super-homem” e, portanto, não estaria imune às leis. “Nunca houve um Super-homem. Tenho visto a nu todos os homens, o maior e o menor. Parecem-se ainda demais uns com os outros: até o maior era demasiado humano”, cita o Ministério Público de São Paulo na introdução do pedido de prisão do petista. “Ninguém está acima ou à margem da lei. A lei vale para todos, indistintamente, ricos ou pobres, pouco importando a cor, credo, raça ou profissão”, resumem os promotores.

Pedido de prisão – Consultados pelo site de VEJA, criminalistas explicam que o pedido de preventiva não poderia constar da íntegra da denúncia. “Em caso de pedidos cautelares, como a prisão preventiva, o segredo de Justiça pode ser determinado para que a medida seja cumprida satisfatoriamente, já que, de outro lado, a eventual ordem judicial poderia perder sua eficácia. Por exemplo, antes mesmo de o juiz decidir, a defesa já seria capaz de impetrar habeas corpus preventivo”, afirma a advogada Sylvia Urquiza, presidente do Instituto Compliance Brasil. “´É de praxe, para não causar qualquer tipo de pressão em cima do juiz. Esta é a formalidade”, afirma Daniel Bialski, criminalista e sócio do Bialski Advogados Associados.

O Instituto Lula divulgou nota sobre a decisão dos promotores:

O promotor paulista que antecipou sua decisão de denunciar Luiz Inácio Lula da Silva antes mesmo de ouvir o ex-presidente dá mais uma prova de sua parcialidade ao pedir a prisão preventiva de Lula. Cássio Conserino, que não é o promotor natural deste caso, possui documentos que provam que o ex-presidente Lula não é proprietário nem de triplex no Guarujá nem de sítio em Atibaia, e tampouco cometeu qualquer ilegalidade. Mesmo assim, solicita medida cautelar contra o ex-presidente em mais uma triste tentativa de usar seu cargo para fins políticos.

(Com reportagem de Rafaela Lara)

Copa do Nordete – Sampaio perde e complica situação em competição

 Sampaio ganha o Vitória no Castelão
Nesta quinta-feira o Vitória da Conquista venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0 no estádio Lomanto Júnior. O jogo valeu pela quinta rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste.
Aos 42 minutos do segundo tempo Todinho, abriu o placar para o Vitória. O Bode baiano chega a 10 pontos e fica próximo da classificação para as quartas-de-final da Copa do Nordeste. O próximo adversário do time é o Ceará.
O Tricolor maranhense não vence há seis jogos e precisa de um resultado positivo diante do Flamengo do Piauí na última rodada, além de torcer por outros resultados. Já o Vitória da Conquista precisa de um simples empate com o Ceará, em Fortaleza.
Ficha:
 VITÓRIA DA CONQUISTA
Sérgio Araújo escala Carlos, Artur, Leandro Cardoso, Silvio e Edimar; Danilo, Maicon Costa, Diego Aragão, Kleber e Rafael da Granja; Tatu
SAMPAIO CORRÊA
Vinicius Saldanha escala – Jean; Guilherme Lucena, Luiz Otávio, Alex Baiano e Guilherme Santos; Valderrama, Arlindo Maracanã,Levi e Daniel Barros; Edgar e Carlos Alberto

Cinco afegãos, incluindo um bebê, morrem afogados em travessia para a Grécia

PhotoCinco afegãos, incluindo duas crianças e um bebê de seis meses, morreram afogados durante a noite no mar Egeu tentando alcançar a Grécia, à medida que a Turquia começou a implementar um acordo fechado com a União Europeia para conter a imigração ilegal.

O número de imigrantes que se arriscam em travessias marítimas perigosas até agora não tem mostrado sinais de queda desde que a Turquia acertou o acordo com a UE na segunda-feira, segundo o qual tentará conter o fluxo em troca de financiamento e recompensas políticas.

O ministro da Turquia para a UE, Volkan Bozkir, disse que o acordo, sob o qual Ancara concordou em receber de volta todos os imigrantes irregulares, não se aplica para aqueles que já atingiram as ilhas gregas. O número de pessoas devolvidas deve chegar à casa dos milhares ou dezenas de milhares.

Uma das vítimas do naufrágio da quarta-feira à noite, no qual o barco virou em meio ao mau tempo durante viagem para a ilha grega de Lesbos, conseguiu nadar até a praia, mas morreu durante as tentativas de reanimá-lo, disse um funcionário da guarda costeira à Reuters.

Dos quatro corpos encontrados no mar, um era de um bebê de seis meses de idade, segundo as equipes de resgate. Outras nove pessoas foram retirados vivas da água.

 

Demagogia pura! Matéria publicada ontem sobre governo do Maranhão diz que Flávio Dino tem 70% de aprovação

Resultado de imagem para flávio dino

Nesta quarta-feira (9), o Portal Brasil247, publicou uma matéria intitulada por: Dino ao 247: ‘o gênio do fascismo saiu da garrafa’, que trouxe um dado curioso, a da popularidade do governo Flávio Dino, beirando os 70%. Não sei ao certo qual a fundamentação para esta aceitação exagerada, por conta da crise financeira que os estados e municípios do pais passam, o que impossibilita a implantação de políticas públicas que atendam às necessidades da sociedade maranhense e a ausência de investimentos, que também contribui com a desconfiança da suposta aceitação de qualquer governo, onde não há visibilidade de obras e serviços em andamento.

Codó e Coroatá são exemplos mais clássicos da distância do governo estadual com o povo, cada uma cidade possui suas particularidades. Por exemplo:

1 – na cidade de Coroatá está um dos maiores inimigos políticos do governador, que se chama Ricardo Murad, e para a infelicidade dos coroataenses a gestora  da cidade é simplesmente a esposa do principal algoz do governador;

2 – em Codó, o problema é outro, o atual prefeito Zito Rolim, está filiado no Partido Verde-PV, liderado no Maranhão pelo Deputado Federal Sarney Filho, filho do maior oligarca do estado e acusado por Dino, por ser o maior responsável pelo atraso de todos os índices sociais. Zito, acabou apoiando o candidato Edinho Lobão nas últimas eleições, o que fez com que o governo estadual desse as costas para a cidade, apesar de pessoas ligadas ao governador dizer que o prefeito de Codó tem todas as portas abertas do governo para o diálogo. Imagine só, se as portas estivessem fechadas! Já a cidade de Caxias tem um carinho especial e recebe praticamente todas as políticas governamentais do executivo.

Em Codó, nem mesmo um simples posto de expedição de documentos gratuitos chegou, apesar de todas as lideranças políticas, eclesiásticas e todos os super heróis terem se mobilizado.

Aí fica a pergunta quando será a redenção e o fim da espera?

PT articula manobra pra tirar LULA das mão de Sérgio Moro

Se Lula ocupar um ministério, o ex-presidente não ficará nas mãos do juiz Sérgio Moro AP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo pressionado a assumir um ministério no governo Dilma Rousseff. Mas, até agora, ele resiste. Com o avanço da Lava Jato, aliados de Lula dizem que ele precisa de foro privilegiado porque, segundo eles, do jeito que a operação caminha, o petista pode ter a prisão decretada. O assunto foi tratado na noite de terça-feira (8) em reunião de Lula, Dilma e ministros, no Palácio da Alvorada.

Se Lula ocupar um ministério, eventual pedido de prisão precisa ser autorizado pelo Supremo Tribunal Federal e o ex-presidente não ficará nas mãos do juiz Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato na 1ª instância. Para petistas, é claro o objetivo da operação de atingir Lula e o PT, além de jogar combustível no impeachment de Dilma.