Blogueiros são presos em Operação da PF em São Luis

A Polícia Federal no Maranhão informou que os três blogueiros presos nesta terça-feira (21) são suspeitos de extorquir empresários e servidores públicos. Segundo investigadores, o grupo conseguia informações sigilosas sobre operações policiais e cobrava de R$ 1,5 mil a R$ 10 mil para não divulgá-las na mídia local.

Deflagrada na manhã desta terça-feira (21), a operação também prendeu um policial federal, Danilo dos Santos Silva, suspeito de vazar informações. Para o Ministério Público Federal, Silva e os blogueiros Luis Assis Cardoso Silva de Almeida (Luís Cardoso), Luis Pablo Conceição Almeida (Luís Pablo) e Hilton Ferreira Neto (Neto Ferreira) eram os líderes de uma organização criminosa.

Já se comentava na cidade que eles tinham esse modo de vida, e costumavam praticar extorsões a partir de publicações contra imagem de pessoas”Max Eduardo, delegado da PF

O juiz federal José Magno Linhares Morais afirmou que a prisão temporária dos quatro foi necessária para evitar a ocultação, destruição e falsificação de provas, assim como combinação fraudulenta entre os investigados. Eles foram acusados por extorsões, corrupção ativa e crimes contra a honra.

Como o grupo agia
As investigações dizem que os blogueiros cobravam de R$ 1,5 mil a R$ 10 mil por postagem. Segundo a PF, havia casos em que uma postagem dizia, por exemplo, que alvos de operações policiais tinham parentescos com políticos locais, apenas para fazer chantagem.

“O grupo tem uma atuação variada. Já se comentava na cidade que eles tinham esse modo de vida e costumavam praticar extorsões a partir de publicações contra imagem de pessoas. Percebemos uma predileção por grandes empresários e por pessoas politicamente expostas”, afirmou o delegado Max Eduardo Pinheiro, chefe do Núcleo de Inteligência Policial do Maranhão em entrevista à imprensa na sede da PF.

 Nas investigações, foram usadas interceptações telefônica e foram realizadas diligências de campo. A polícia chegou a captar imagens de um motel, onde o grupo se reuniu para discutir ações. “Todo esse material comprova o dolo do crime”, disse o delegado.

A PF disse que divulgou os nomes dos suspeitos para encorajar outras possíveis vítimas a denunciá-los.

Grupo secundário
O MPF ainda constatou que o grupo de Danilo e Luís Cardoso contava com a participação secundária de outros blogueiros, como Antonio Marcelo Rodrigues da Silva (Marcelo Minard), Ezequiel Martins da Conceição (Kiel Martins), Antônio Martins Filho (Nego John), Marcelo Augusto Gomes Vieira e Yuri dos Santos Almeida. Os cinco foram conduzidos coercitivamente para prestar depoimentos na sede da Polícia Federal, na Cohama.

Fonte: g1.com/maranhao

Comentários

De acordo com levantamentos feitos, o Maranhão é o estado com maior número de blogueiros por habitantes, para muitos a atividade se torna rentável com ações ilícitas como as praticadas por um possível consórcio de profissionais que extorquiam e ameaçavam políticos de todo o estado.

Muitos, ou melhor, a maioria dos blogueiros têm ligações direta com políticos, inclusive para perseguir opositores ou até enganar a população com falsas notícias, no Maranhão a atividade se tornou lucrativa para muitos, conforme matéria acima, muitos blogueiros também, perderam a vida ao realizar seus trabalhos de comunicação à margem da lei e olha que temos muitos casos emblemáticos e de grande repercusão.

 

Um comentário em “Blogueiros são presos em Operação da PF em São Luis

  • 22/03/2017 em 10:54
    Permalink

    Bezerrote, blog para alguns virou meio de vida, e muitos blogueiros extorquem e chantageiam pessoas, de acordo com suas conveniências. Claro que meu prezado amigo não se inclui nessa categoria.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.