Cenário político no Maranhão é favorável a Roberto Rocha

Ele pode até não decolar durante a campanha eleitoral, mas todo cenário político atual é favorável ao Senador Roberto Rocha na disputa ao cargo de governador no ano que vem. As últimas notícias do possível envolvimento do governador maranhense na Operação Lavajato, tem dado notoriedade ao senador, que em suas andanças por todo o estado, vem tentando realizar costuras para fazer sua campanha vingar.

O eleitor maranhense, acostumado a votar em fenômenos, poderá optar por uma mudança, porém nenhum nome forte ainda não surgiu com força na política local. As palavras da moda são “mudança e renovação”, e certamente sabemos que Roberto Rocha não representa o novo, nem tem o perfil de revolucionário, mas contra ele não há tanta coisa que possa atrapalhar uma possível disputa a governador.

Todos os políticos considerados “raposas velhas” já foram citados em pelo menos um grande escândalo nacional e aí, não sobrou pra ninguém, até aqueles tidos no presente como símbolo de honestidade, agora surge a preocupação em se tirar a lama do nome.

Em Codó, as alianças ainda estão indefinidas, não há ainda nenhum desenho do que poderíamos chamar de política especulativa, ninguém quer arriscar em um nome, nem mesmo se as atuais alianças serão mantidas, há quem diga que as atuais alianças têm validade e algumas poderão chegar ao fim em dezembro deste ano!

Preparação para o vestibular: professores da UEMA e do IFMA de São João dos Patos darão aulas gratuitas a alunos de escolas públicas

uema1

De norte a sul do país, os estudantes do ensino médio já começaram a intensificar os estudos para os vestibulares que, normalmente, acontecem nos últimos meses do ano. Em São João dos Patos não poderia ser diferente.

Pensando nisso, e visando oportunizar melhores condições de preparação nos estudos a alunos do ensino médio da rede pública de ensino e de redes filantrópicas, professores do Campus da Universidade Estadual do Maranhão de São João dos Patos, em parceria com docentes do Instituto Federal do município, lançaram nesta terça, 18, na câmara municipal, o edital do Projeto de Extensão “Pré ENEM/PAES”.

Para o reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa, os docentes das instituições envolvidas no projeto tiveram um olhar muito sensível diante da necessidade de ofertar essa oportunidade a alunos de escolas públicas. Ele frisou ainda que a concorrência nos seletivos para ingresso em universidades públicas está cada vez mais acirrada, logo, essa é uma chance ímpar para os estudantes de São João dos Patos.

“Ao aproveitarem ao máximo as aulas e se dedicarem com disciplina aos estudos, certamente os alunos terão um bom rendimento nos vestibulares deste ano”, pontua o reitor.

No lançamento do edital estavam presentes gestores municipais, além da diretora do Campus da UEMA de São João dos Patos, Edna Noleto, de professores da UEMA e do IFMA e de alunos do ensino médio.

Estudantes do Ensino Médio prestigiam o lançamento do edital

Estudantes do Ensino Médio prestigiam o lançamento do edital

Inscrições:

As inscrições para o cursinho de preparação para o PAES/UEMA e ENEM acontecerão no período de 24 a 28 de Abril. Há vagas para os turnos vespertino e noturno. A seleção dos candidatos do município será feita por meio de análise de rendimento escolar. Serão ofertadas sessenta vagas.

FONTE: UEMA

Aulas da rede pública municipal de Codó ainda estão comprometidas com falta de professores

c-3

Meus amigos o Blog do Bezerra tem recebido uma enxurrada de denuncias acerca da falta de professores nas escolas da rede pública municipal. Depois da grande polêmica gerada em torno da necessidade de realização de um concurso público, para nomear de forma definitiva os professores, porém  sob a alegação da inviabilidade de se realizar o certame por conta da falta de tempo disponível e um possível comprometimento do ano letivo.

Acontece que em algumas escolas, tanto faz ter sido realizado ou não o Concurso Público, pois os alunos estão sendo obrigados a sair mais cedo por falta de professores, isto depois de ter ocorrido um Seletivo altamente nocivo, tendencioso e cheio de vícios que como consequência até o presente momento está deixando centenas de alunos prejudicados.

Um professor por exemplo, relata que trabalha numa escola no bairro Codó Novo e que a diretora do estabelecimento de ensino pede aos professores para dar aulas extras para manter os alunos na escola, porém  sem sucesso, pois o número de professores por lá é insuficiente até mesmo sacrificando os professores, “às vezes sou obrigado unir turmas para segurar os alunos dentro, mas o rendimento não é o mesmo, porque as salas ficam superlotadas e o calor é enorme”, relata uma professora.

Não manteremos contato com a equipe da SEMECTI porque já estamos cansados de ouvir que toda vez: “que na próxima semana tudo será resolvido” , parecendo que para eles tanto faz como tanto fez.

 

Eike Batista tem pedido de liberdade negado pelo STJ

índice

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Maria Thereza de Assis Moura negou pedido de liminar para colocar em liberdade o empresário Eike Batista, detido no início do ano em decorrência das investigações realizadas na Operação Eficiência.

A prisão preventiva, requerida pelo Ministério Público Federal, foi decretada em janeiro de 2017 pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro e cumprida com a apresentação do empresário à Polícia Federal, após viagem ao exterior.

Segundo o MPF, especialmente em virtude da anterior operação Calicute, foram realizados diversos acordos de delação premiada que apontaram esquema de formação de cartéis e pagamento de propina em obras executadas pelo governo do Rio de Janeiro. Para o MPF, a organização criminosa era comandada pelo ex-governador Sérgio Cabral e teria remetido ao exterior mais de US$ 100 milhões.

Obstrução

Ainda de acordo com o MPF, Eike Batista teria viabilizado o pagamento de US$ 16.592.620,00 a Sérgio Cabral por meio de contrato de prestação de serviços entre a empresa Centennial Asset Mining Fund LLC, de sua propriedade, e o grupo Arcadia Associados S/A, pertencente ao doleiro Renato Chebar, que firmou acordo de delação premiada.

Na decisão que decretou a prisão preventiva, o juiz federal também apontou indícios de que Eike e seu assessor Flávio Godinho teriam tentado obstruir as investigações.

No pedido de habeas corpus, a defesa do empresário argumentou que o decreto de prisão preventiva foi baseado apenas nas delações premiadas de outros réus da ação penal, sem que houvesse elementos concretos capazes de justificar as denúncias. Segundo a defesa, o deferimento do pedido de liberdade do empresário não colocaria em risco o processo penal, já que ele demonstrou interesse em colaborar com as investigações quando se apresentou espontaneamente à polícia.

Fatos concretos

Ao analisar o pedido de liminar, a ministra Maria Thereza de Assis Moura entendeu que não se pode afirmar, a princípio, que a prisão cautelar do empresário esteja carente de fundamentos, já que a decisão cautelar ressaltou fatos concretos apurados no curso das investigações que podem indicar a necessidade de garantir a ordem pública.

A ministra também lembrou que o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio apontou o empresário como participante ativo da organização criminosa formada em torno de Sérgio Cabral, seja pelos montantes transferidos ao ex-governador, seja pelas notícias de obstrução com o objetivo de frustrar as investigações de corrupção e lavagem de dinheiro.

“Ademais, a idoneidade dos fundamentos utilizados para a segregação cautelar do paciente é matéria que se confunde com o próprio mérito da impetração, cuja resolução demanda análise pormenorizada dos autos e julgamento pelo órgão colegiado, juiz natural da causa”, concluiu a ministra ao indeferir a liminar.

O mérito do habeas corpus ainda deverá ser julgado pela Sexta Turma do STJ.

Afastadas medidas contra vice do Facebook por negativa de quebra de sigilo do WhatsApp

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) afastou, por unanimidade, as medidas cautelares impostas ao vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, que chegou a ser preso preventivamente em 2016 após a negativa de quebra de sigilo do aplicativo WhatsApp para fins de investigação de organização criminosa.

As medidas cautelares incluíam o comparecimento mensal em juízo para informar suas atividades e colaborar com a ação penal. Também estava prevista a proibição de ausentar-se do país sem informar as datas de saída e retorno.

Acusado pela prática do crime previsto no artigo 2º, parágrafo 1º, da Lei 12.850/13, o executivo pediu ainda em seu recurso o trancamento da ação penal, o que também foi deferido pela Sexta Turma.

Sem justificativa

De acordo com o relator, ministro Nefi Cordeiro, as justificativas necessárias para a aplicação das medidas cautelares não foram apresentadas, o que não impede a fixação de novas cautelares por decisão fundamentada.

“Como se vê, inobstante a identificação da ausência dos requisitos ensejadores da prisão preventiva, o acórdão recorrido aplicou medidas cautelares diversas da prisão ao recorrente e não apresentou fundamentação idônea, pois não apontou a necessidade e a adequação das cautelares impostas”, explicou o relator.

Site da Prefeitura de Codó é copiado da Prefeitura de Ilhéus. Será que não caracteriza um plágio?

Apresentação1

Print da tela do Portal da Prefeitura de Codó – Área do Servidor Municipal

Quem é que nunca ouviu falar no famoso ” Contrl + C e Control + V” na informática?

Para quem não sabe, estas são ferramentas utilizadas na área da informática para copiar e colar algo já existente. Para ser mais objetivo, o Site da prefeitura de Codó está em fase de construção, porém já apresenta um painel muito semelhante ao layout da prefeitura da cidade Ilhéus-BA.

Basta acessar o link : PREFEITURA DE ILHÉUS , para constatar que, o que temos no site da prefeitura de Codó,  é nada mais nada menos que, uma cópia fiel de outro já existente. E o interessante é que não há a identificação da empresa que está realizando a criação a serviço da prefeitura de Codó, diferente do Site da prefeitura baiana.

Ao acessar a janela azul claro à direita, o usuário deveria ter acesso às informações e serviços relacionados aos servidores municipais codoenses, porém o que se vê é mais uma vez a cópia fiel dos textos originais da prefeitura de Ilhéus-BA.

Será falta de criatividade?

Governo lança editais para seleção de bolsistas para o Programa Avança e há vagas para Codó

images

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lançou os editais do Processo Simplificado para seleção de bolsistas para atuarem no Avança: Programa de Regularização de Fluxo, em 31 municípios maranhenses que aderiram ao acordo de cooperação técnica para a implantação do Programa. As inscrições iniciam no último dia 10/04 e seguirão até o dia 20/04 (quinta-feira).

Os voluntários bolsistas aprovados atuarão como mediadores de intervenção pedagógica e receberão bolsa mensal no valor de R$ 800,00. Ao todo, foram disponibilizadas 62 vagas imediatas, além de 620 para cadastro de reserva.

O Programa foi lançado pelo Governo do Maranhão com o objetivo de aumentar a taxa líquida de escolarização das redes públicas de ensino fundamental no Estado e contribuir para a melhoria dos indicadores educacionais dos municípios maranhenses. Os municípios maranhenses que aderiram ao ‘Programa Avança’, receberão ações de intervenção pedagógica para corrigir a defasagem idade-ano escolar de estudantes de suas redes municipais.

Podem concorrer às vagas, professores em efetivo exercício docente, que atuem na Educação Básica, preferencialmente na rede pública municipal ou estadual, nos 30 municípios  e Codó.

A Secretaria dará suporte com fornecimento de material de apoio didático aos estudantes, orientação às Secretarias Municipais para organização das turmas de regularização de fluxo, além de realizar acompanhamento e monitoramento do programa, com a inserção de Articuladores Pedagógicos Municipais e Regionais.

Confira o Edital:

EDITAL-CODÓ-AVANÇA

Estudante do IFMA tem vídeo premiado pela FAPEMA

Premiação-Anthony-Fapema-2017-1-250x305

O estudante de Engenharia Elétrica do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís-Monte Castelo, Anthony de Alencar, recebeu o prêmio de melhor vídeo na categoria Ciências Exatas e Engenharias do Edital POPVIDEO Ciências 2017 da Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (FAPEMA). O prêmio de dois mil reais foi para o vídeo “Controlador PID Aplicado em Veículos Elétricos” referente à pesquisa “Modelagem e projeto de um controlador PID de velocidade e tração em motores elétricos BLDC: estudo de caso em um protótipo veicular elétrico”, orientada pelos professores do IFMA Keyll Martins e Evandro Araújo Filho. A cerimônia de premiação aconteceu durante o lançamento do Plano de Trabalho FAPEMA 2017, no dia 11 de abril, às 16h, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque.

Anthony de Alencar é bolsista de iniciação científica da FAPEMA, vigência 2016-2017, e já vinha desenvolvendo essa pesquisa há um ano. “A ideia de participar desse edital surgiu do interesse que tivemos em divulgar as pesquisas do laboratório de mecânica automotivo e biomecânica. Essa seria a melhor oportunidade para mostrarmos à sociedade um pouco do que estamos desenvolvendo”, explicou.

O estudante explica que a premiação é muito importante não só para ele, mas também para toda a sociedade já que o vídeo é uma forma de divulgação científica. “Como pesquisador esse prêmio representa uma grande conquista, pois demonstra a competência de nosso laboratório em desenvolver pesquisas de qualidade, já que podemos demonstrar na prática os resultados. Essa é uma pesquisa em que a sociedade pode ver e entender facilmente que o que fazemos é algo funcional e desenvolvido aqui no Maranhão”, disse.

Para um dos orientadores do estudante, o professor Keyll Martins, o prêmio confirma a relevância das pesquisas que estão sendo desenvolvidas no IFMA. “Este resultado reflete o comprometimento na formação científico-tecnológica dos alunos-pesquisadores do Laboratório de Mecânica Automotiva e Biomecânica do DMM/Campus Monte Castelo/IFMA”, contou.

O professor explica que Anthony de Alencar concorria com outro estudante do IFMA Campus Imperatriz que foi orientado pelo professor Rivelino Vilela. “Esta premiação confirma o alto nível de qualidade das pesquisas desenvolvidas no Instituto. O verdadeiro ganho científico está na formação que o IFMA fornece aos alunos, por meio dos programas de iniciação científica, contribuindo na desenvoltura científica desses pesquisadores para solução de problemas cotidianos”, analisou.

Confira o vídeo premiado:

Fonte: Portal IFMA

Prefeitura muda na última hora atração musical da festa de comemoração dos “121 anos”, sem cantor codoense

hh

Quem foi à festa de encerramento em comemoração aos 12 anos de emancipação política da cidade de Codó, ficou surpreso com a mudança na programação. De acordo com o que foi divulgado anteriormente, a abertura da festa seria feita pelo cantor local “Francis Jack” o que não aconteceu.

Na última hora e sem dar explicação para o público, que realizou o show de abertura, foi o conhecido Pepê Júnior, que já tem costume de realizar festas na região. É claro que o valor cobrado pelo cantor de fora, anda longe do que seria pago ao cantor local, que ao que me parece, foi desprestigiado pela equipe do prefeito Francisco Nagib.

Diante da surpresa da ausência da atração local, o público teve de engolir a frieza de “Pepê Júnior”, que aparentava cansaço durante sua apresentação.

Atração principal

Valeu a pena para quem esperou até o final, o cantor Jonas Esticado animou o público presente com repertório variado, dessa vez a organização do evento, respeitou os membros da segurança e Polícia Militar, 15 minutos antes do encerramento previsto na programação oficial, a festa foi encerrada.

Ponto negativo

Vale lembrar que o evento ocorreu dentro da maior normalidade, nenhuma briga, apenas três pessoas foram conduzidas por promover baderna, mas o que ficou mesmo com nota zero foi a ausência de banheiros químicos, que precisou fazer suas necessidades fisiológicas utilizou o canteiro da Praça do Vireiro e o calçadão no entorno da Fábrica Manufatureira.

O local amanhecerá com cheiro forte de urina. Diante de tanta gente envolvida na organização do evento é natural que um serviço tão importante quanto a contratação das bandas seja esquecido. A cidade recebeu muita gente de fora e a falta de banheiros químicos será levada além das fronteiras codoenses.

Se o delator disser que deu dinheiro ao meu inimigo, é a pura verdade! Mas se ele disser que eu recebi, é mentira!

É hilário como na política as coisas são vistas. Até outro dia, um certo político do Maranhão, subia em palanques e dava entrevista na televisão dizendo que os opositores estão envolvidos até o pescoço com a corrupção, principalmente porque, a caixa preta estava sendo aberta e os delatores começaram a abrir o jogo de como funcionava o esquema.

De repente, não mais que de repente, o nome do político começou a ser divulgado, aí meu amigo o homem ficou bravo e agora diz que os opositores estão usando seu nome para tentar desmoralizá-lo, pode um negócio desse?

Mais coisas vão vir à tona, pois para que pensava que ficaria na moita escondido! Se ferrou, ou ainda vai se ferrar.