Empresário de Codó começa mostrar as garras, antes tinha dinheiro e não tinha “Poder”, agora tem tudo nas mãos para amordaçar a população

Como já era de se esperar, aquele adágio “Quer conhecer uma pessoa, dê dinheiro e Poder a ela!”, pois bem, antes de chegar ao Poder, com a eleição de seu filho, atualmente prefeito de Codó, o empresário Francisco Carlos Oliveira sempre esteve nos bastidores políticos ajudando vários candidatos a cargos públicos, inclusive como fiel escudeiro do Senador Edison Lobão e seus familiares, todos sabem ainda que a família Sarney tinha uma sombra na cidade de Codó, foram quase 20 anos assim de fidelidade.

O tempo passou, o panorama político mudou e logo aparece o empresário mais bem sucedido da Região, ao lado do maior opositor de Roseana, Lobão e João Alberto, o governador Flávio Dino, cujo feito histórico foi de romper uma corrente de quase 50 anos no Maranhão.

De tempos em tempos, fatos negativos ligados ao mega empresário, dono do Grupo FC Oliveira, Francisco Carlos Oliveira, vieram à tona. Podemos citar aqui acusações de ações de invasão de terras e expulsão de produtores rurais de suas terras.

Em Codó, o empresário sempre teve dinheiro, influência, mas não tinha “Poder”, e esporadicamente Órgãos Governamentais vinham a Codó, para averiguar indícios de anormalidade.

Aqui recordo bem dos moradores do “Povoado Puraquê”, localizado a 35 km da sede, que eram reconhecidos como moradores de  comunidades Quilombola e em 2014, tiveram os quintais de suas humildes casas atravessados por cercas de arames e grandes estacas. Durante as diligências, até policiais à serviço do empresário foram encontrados armados. Esse fato foi amplamente propagado na imprensa nacional, conforme segue o link : Comissão da Pastoral da Terra.

Nesta terça, alguns Blogs de Codó, noticiaram o caso de um morador da zona Rural que foi mais uma vítima do empresário, desta vez, nos mesmos Modus operandi, vários homens chegaram de forma violenta  na propriedade da vítima para tomar o local a força, como se não tivesse na cidade órgãos judiciais para resolver um suposto litígio, o homem na cidade quer ser a “Lei”, fazer a “Lei”, e ainda manda a todo custo seus capangas ameaçar as vítimas.

Com medo, a vítima ainda procurou o empresário ao invés de procurar a polícia ou o Ministério Público, mas essa é uma prática tão rotineira, que às vezes as vítimas têm medo de procurar os órgãos do estado, principalmente quando relembra como se deu o contexto atual.

 

 

Confronto com a Polícia Civil de SP deixa 10 criminosos mortos

veja

Uma ação da Polícia Civil de São Paulo deixou dez criminosos mortos no Morumbi, bairro nobre na Zona Sul da capital, na noite deste domingo. Segundo testemunhas, o tiroteio durou cerca de 5 minutos e não deixou nenhum suspeito vivo. Do lado dos policiais, quatro foram feridos com estilhaços. Todos fazem parte do Departamento de Investigações Criminais (Deic). De acordo com informações da Polícia Civil, os bandidos integravam uma quadrilha especializada em roubos a residência de luxo e vinham sendo monitorados. Eles já teriam promovido ao menos 20 assaltos em São Paulo com uso de armamento pesado.

Na noite do confronto, eles tentavam roubar uma mansão onde estavam um casal e uma filha. Os bandidos vestiam com coletes à prova de bala e foram surpreendidos quando por viaturas do Deic antes de entrar na residência. Nesse momento, cinco assaltantes foram executados. Em seguida, iniciou-se uma perseguição que resultou na morte dos demais. Segundo informações preliminares, o confronto ocorreu no meio da Rua Pirapó, deixando moradores assustados. No final da noite, os corpos dos criminosos foram postos por policiais lado a lado no meio da rua, atraindo a atenção de curiosos.

Os criminosos estavam em dois carros, um Fiat Toro vermelho e uma Hyundai Santa Fé prata, que acabou colidindo em poste. Os assaltantes estavam armados com quatro fuzis, segundo o relato dos investigadores. O tiroteio foi tão intenso que os policiais pediram reforço do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), grupo de elite da Polícia Civil. Os mortos já foram identificados e eram moradores da região do Capão Redondo, na zona sul, e de Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

Fonte: veja.abril.com.br

Após problemas técnicos – IFMA prorroga até hoje prazo para solicitar isenção de taxa para Seletivo 2018

slide_atualizado-02

Após problemas técnicos no sistema nos últimos dias da semana passada, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA, prorrogou até hoje o prazo de solicitação de isenção da taxa inscrição para o Seletivo 2018 para o Ensino Médio – Técnico. As vagas serão distribuídas entre todos os campi do interior e da capital.

Solicite aqui a isenção:

Isenção de taxa

Em situações opostas final de semana foi produtivo para equipes maranhenses na Série C

img-20170902-wa0061

Foto – Globo Esporte/Maranhão – Vinicius Paquetá

Fazia tempo em em que o futebol maranhense não comemoravam vitórias juntos numa mesma rodada do Campeonato Brasileiro Série C. Nos dois extremos, Sampaio e Moto Club vivem momentos opostos e em clima decisivo na competição.

Jogando no sábado, ambas equipes venceram seus jogos. Jogando em casa, o Moto Club de São Luís venceu a equipe do Cuiabá pelo placar de um a zero, gol marcado no primeiro tempo por Vinicius Paquetá. Com o resultado a equipe rubro negra chega aos 20 pontos joga a sua última partida contra o Fortaleza na capital cearense.

Se perder, o Moto deverá torcer por uma derrota do Botafogo – PB, que jogará contra o Sampaio Correa no Castelão.

Falando em Sampaio, o Tricolor conquistou um grande feito jogando fora de casa contra o Clube do Remo em um jogo muito disputado e com chances reais para as duas agremiações. Logo no início do jogo, a equipe paraense chegou a perder um penalty e em seguida em outra penalidade, já a favor dos maranhenses o Sampaio chegou ao seu primeiro gol marcado por Fernando Sobral. Os paraenses ainda empataram o jogo mas numa jogada de Uilliam que havia acabado de entrar no jogo marcou o segundo gol que sacramentou a vitória da Bolívia Querida.

Fato inusitado

O próximo jogo do Moto Club será contra o Fortaleza -CE, fora de casa, já o Sampaio jogará em casa contra o Botafogo-PB que atualmente está na zona de rebaixamento. Se o Moto perder, poderá ser beneficiado pelo seu arquirrival, caso o Sampaio vença seu último compromisso. Se ambos maranhenses perder, o Moto será rebaixado para a Série D em 2018.

Nas redes sociais, torcedores do Sampaio Correa já classificado para a fase seguinte, pedem para seu time entregar o jogo para o Botafogo para afundar a equipe rubro negra. A semana promete!

Confira a emocionante tabela da última rodada do Grupo A da Série C:

tabela2

Saúde de Codó ainda continua capenga, mesmo após entrada de recursos e promessas vazias

cms-image-000437825

Dizem os mais beneficiados do governo municipal que, o atual prefeito tem tido uma atuação brilhante em todos os setores do Executivo, trabalhando e revolucionando todas as áreas. Claro que estas pessoas são pagas para ver tudo colorido e sem defeitos, difícil convencer secretariados e auxiliares de que todos os setores ainda funcionam à mingua.

Alguns setores têm tido destaques isolados, como é o caso da equipe da Superintendência de Esportes, que apesar de pequena, e diga se de passagem, talvez seja a menor equipe do atual governo, porém já conseguiu alcançar resultados surpreendentes e claro, podem avançar ainda mais, apesar da pasta não possuir dotação orçamentária própria.

Para quem necessita dos serviços de saúde do município, principalmente quando procuram a emergência do Hospital Geral Municipal, adoecer qualquer dia da semana é um tormento e para as pessoas vítimas de acidente automobilístico a situação ainda fica pior.

Se você for vítima de acidente de trânsito e necessitar de um exame especializado, vai correr o risco de morrer sem ao menos receber o atendimento digno. Para a imprensa sensacionalista do prefeito de Codó, o HGM tá um brinco! Mas a ausência de um Tomógrafo tem diferenciado bem o que é ser rico ou pobre em Codó.

Se você for rico, como aliás não vem a ser o caso da maioria da população codoense, poderá optar em caso de acidente, realizar uma tomografia na única clínica particular que oferece o serviço, a RAD IMAGEM. Se você for pobre, deverá contar com a sorte para que,  através de contatos telefônicos algo possa ser feito via Coroatá ou Presidente Dutra, ou se não meus amigos você poderá ficar como a maioria dos pobres que necessitam de atendimento de qualidade na saúde de Codó.

Outro problema sério que agravou com achegada de Francisco Nagib na prefeitura, foi a velha questão da marcação das consultas, pacientes reclamam que conseguir marcar exames e consultas para algumas  especialidades pode durar três meses.

Daí pergunto: “Cadê o avanço e as conquistas?”

Enfim escola Governador Archer está quase pronta para receber alunos nesta segunda

escola

Está quase tudo pronto para que a Unidade Integrada Municipal Governador Archer possa receber seus quase 850 alunos que foram prejudicados por todo este ano por conta de uma polêmica reforma em sua estrutura e que até o presente momento não ofereceu aos estudantes o conforto de um espaço que possa parecer com uma escola e não um castelo em ruína.

Foi uma luta árdua de todos que fazem parte da família daquela escola, horários reduzidos, falta de água no prédio da UEMA, demora na reforma, enfim todos os professores e alunos são grandes batalhadores diante de tantos problemas, sem contar que a escola já está a mais de cinco anos sem receber um centavo do Governo Federal para desenvolver projetos que possam fortalecer o processo ensino-aprendizagem.

Durante esta semana, a escola recebeu as carteiras e parte da mobílias nova, ventiladores estão sendo instalados, restando ainda a colocação dos quadros brancos em cada sala de aula, mas com tudo que já foi recebido, os alunos e professores poderão voltar aos trabalhos nesta segunda nos três turnos.

De acordo com fontes ligadas à SEMECTI, o secretário Professor Paulo Buzar disse trabalhará diuturnamente para transformar a Escola Governador Archer numa escola digna. Será?

“É uma prova de amor e solidariedade”, diz deputado Wellington ao homenagear Fundação Antônio Dino por 40 anos de existência

IMG_20170901_200650_230
Na manhã da última quinta-feira (31), a Assembleia Legislativa, por meio do deputado estadual Wellington do Curso (PP), prestou homenagem aos 40 anos de atividades da Fundação Antônio Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Bello, que é referência em tratamento oncológico no Maranhão. A sessão solene contou com a presença da presidente da Fundação, Enide Moreira Lima Jorge Dino; o vice-presidente, Antônio Dino Tavares e demais diretores, médicos, parceiros, crianças e senhores em tratamento. Na solenidade, o parlamentar ainda entregou uma placa comemorativa em homenagem à instituição.

Na oportunidade, o deputado Wellington destacou o importante papel desempenhado pela Fundação Antônio Dino.  “A Fundação desempenha um papel de grande relevância para a sociedade maranhense. Na pessoa da presidente da Fundação, Sra. Enide Dino, pude reconhecer uma prova de amor, carinho e solidariedade que permeiam esse belíssimo serviço. O trabalho de vocês no cuidado dessas pessoas que lutam contra o câncer merece toda a nossa admiração não apenas hoje, mas todos os dias!”, disse Wellington.

Secretário municipal anuncia que vai trabalhar para transformar a Educação de Codó

Inocência ou utopia, essa foi a conotação dada à fala do Secretário de Educação de Codó, Paulo Buzar em entrevista concedida a um programa de rádio FC FM. De acordo com quem ouviu sua entrevista na emissora, quando disse que seu trabalho será focado em trazer o modelo educacional da cidade de Sobral-CE, soou muito mais como piada.

O que foi dito é algo surreal, em função da pasta ser criteriosamente comandada por pessoas que defendem, bandeiras políticas, cujos interesses não são em prol de um desenvolvimento educacional, mas sim voltado para um jogo de interesses grupais. A pasta é detentora de quase 40% dos recursos destinados para o município.

O próprio secretário, já prestou assessoria durante um período e conhece como ninguém quais as cobras e lagartos de cada setor do órgão. Por lá tem pessoas competentes? Claro que sim, mas muitas vezes o ponto de vista técnico é deixado de lado em detrimento de grupos de pessoas que por lá permanecem há pelo menos 10 anos e nada fizeram para revolucionar nada.

Gente, falo aqui da circulação de cifras altas que são distribuídas a pessoas e empresas próximas ao Executivo, o secretário vai ter de escolher entre a subserviência ou a expulsão das sanguessugas que por lá estão impregnadas há anos, senão cairemos no conto do vigário e o legado educacional que poderá ser deixado, será o de mais um que passou, discursou e nada fez pela pasta mais importante, aquela que ensina a pensar, questionar, cobrar e moralizar o dinheiro público através da honestidade. Será que ele consegue? Duvido!