O barato que saiu caro – Gasolina vendida no Km17, sob suspeita

Esta é a indagação feita por alguns codoenses que procuram um local onde possam abastecer seus veículos com um combustível com preço bem mais em conta. Na sede do município de Codó, os postos têm seus valores beirando os R$ 5,00 e uma via alternativa para quem deseja encontrar o preço da gasolina bem mais em conta é se deslocando até o Distrito do Km 17, onde o Posto Priscila dispõe de gasolina ao preço de R$ 4,55. Acontece que muitos que tem procurado aquele posto têm sofrido consequências bem negativas para seus veículos e para os seus bolsos.
De acordo com levantamento realizado pelo Blog do Bezerra em algumas oficinas especializadas em reposição e manutenção de peças de motocicletas, a gasolina ofertada está sob suspeita.
De acordo com alguns mecânicos a gasolina vendida no Km 17 está sob fortíssima suspeita de ter sido adulterada.
O preço é bem convidativo, quem vai pegar a estrada e tem como alternativa o abastecimento daquela gasolina terá grande probabilidade de ter problemas com o motor do seu veiculo.
De acordo com uma cliente que completou seu tanque com gasolina comprada no Posto Priscila, sua moto deu problema na partida e ao chegar na oficina, seu mecânico tirou parte da gasolina do tanque e diagnosticou logo que aquilo que estava no tanque não tem nem cheiro de gasolina.
Portanto, caros leitores, tenham muita cautela ao encontrar gasolina com preço muito baixo, pois ” o barato pode custar muito caro”.

2 pensou em “O barato que saiu caro – Gasolina vendida no Km17, sob suspeita

  1. Antes de colocar notícias faça um levantamento para saber se a notícia e verídica pois isso pode levar sérios problemas pois lá é feito o teste no combustível antes de ser colocado nas bombas ,sem falar que se trata de homens honestos e que não precisa desses artifícios para baixar o valor de seu combustível.

    • Minha nobre leitora, quero garantir o seu direito de manifestar e se posicionar da maneira que quiser sem a maculação da imagem. Temos mantido uma linha de seriedade nas nossas postagens. Contra fatos não há muitos argumentos, quem tomou a iniciativa da postagem foi justamente nossos leitores que se sentiram lesados. Nosso Blog está à disposição para eventuais defesas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *