Vítimas de assaltos no Parque Ambiental reclamam da omissão de vigilantes

Nos últimos dias vários roubos a pessoas foram praticados nas dependências do Parque Ambiental  de Codó, mas um comportamento inusitado tem chamado a atenção de alguns policiais. Acontece que os últimos casos em que as vítimas, do sexo feminino, procuraram os vigilantes para reclamar das ações criminosas e as mesmas relatam que receberam como respostas de alguns deles que “não é responsabilidade dos vigilantes a garantia da segurança dos frequentadores”.

Acontece que em momento algum, nenhum vigilante acionou a polícia Militar para relatar os casos, e mesmo com a chegada dos militares durante a realização de rondas, nenhum tomava a iniciativa de relatar aos PMs dos casos ocorridos.

Durante a realização de diligências, policias do serviço reservado da PM, chegaram a abordar um dos vigilantes e após alguns questionamentos, o próprio relatou que sabia onde residia o principal suspeito de ter realizado assaltos naquele Parque. O curioso nesta história é que, o vigilante estava de serviço no dia em que dois assaltos foram realizados e que este mesmo se omitiu em informar dos casos.

Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil de Codó, que apontará se há ou não a participação de algum vigilante. Vale ressaltar que um deles chegou a receber a proposta de compra de um dos celulares roubados no Parque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *