Impopularidade de Francisco Nagib poderá trazer o “Plano B” para grupo não perder o Poder

Em pleno início de terceiro ano de seu mandato, o prefeito de Codó, Francisco Nagib – PDT, amarga uma das maiores rejeições da história. Durante os últimos vinte anos, nem mesmo o ex prefeito Biné Figueiredo, que até então em sua época amargava uma impopularidade governamental por falta de apoio do governo estadual, não estava tão ruim na foto como o atual prefeito.

Até mesmo o ex prefeito Zito Rolim, quando teve sua popularidade arranhada por falta de obras estaduais e federais em Codó,não se tornou tão criticado como Nagib está agora.

Isso é fruto de uma estratégia política para transformar Codó em um canteiro de obras nas vésperas das eleições, na tentativa de reconquistar a confiança dos eleitores insatisfeitos no momento.

Inicialmente, Francisco Nagib declarou que só governaria a cidade por quatro anos, porém o tempo passou e o pensamento do prefeito mudou, mas com a impopularidade do momento, o próprio grupo ao qual Nagib faz parte já especula a possibilidade de uma mudança de rumo na pretensões políticas.

Um dos caminhos será a troca de nome do futuro candidato. Aí vem o primeiro entrave. Existe uma pequena e real possibilidade da primeira dama vir a ser candidata apoiada pelo grupo, porém a aceitação dela ainda não foi mensurada nas redes sociais ou em pesquisas, o bom desse cenário é que, em caso de vitória nas urnas o Poder permaneceria nas mãos dos “Oliveiras”.

Outra via, seria a candidatura do deputado em exercício  Zito Rolim, esse tem aceitação popular, mesmo que manchada mas é um nome forte, porém não é confiável, já que em outros tempos, eleito com o apoio dos “Oliveiras”, Zito acabou rompendo com o grupo que o elegeu e passou a caminhar com as próprias pernas, mas o destino cruel uniu todos novamente. Agora resta a pergunta: “Será que o atual prefeito vai ter peito e pulso para encarar uma nova campanha eleitoral, ou sairia do páreo para garantir o poder da família?

 

1 pensou em “Impopularidade de Francisco Nagib poderá trazer o “Plano B” para grupo não perder o Poder

  1. Acho que você nao morava em Codó na época que bine era prefeito, bine teve dois anos com governador Zé Reinaldo e dois anos com Jackson lago governador e bine prefeito, 4 anos de Mar de brigadeiro entre bine prefeito e governo do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *