CURURUPU | Projeto Justiça Itinerante leva cidadania aos moradores do Povoado Arapiranga em Serrano do Maranhão

A Comarca de Cururupu realiza, nesta quinta-feira, 29, a 11ª Edição do Projeto “Justiça Itinerante”, levando ações de cidadania aos moradores do Povoado Arapiranga, zonal rural do Termo Judiciário de Serrano do Maranhão. O projeto é coordenado pelo juiz Douglas Lima da Guia, titular da comarca, que conta com o apoio de órgãos parceiros e cerca de 80 voluntários. Os atendimentos desta quinta ocorrerão na escola municipal São José, das 8h às 16h, com agendamento no local.

Em 2019, o projeto já alcançou as comunidades das ilhas de São Lucas, Lençóis e Bate Vento, Caçacueira e a zona urbana de Serrano do Maranhão com 2.354 atendimentos. O Justiça Itinerante é formado por voluntários do Poder Judiciário; Ministério Público estadual; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Cururupu; Cartório da 14ª Zona Eleitoral (TRE); Prefeituras, por meio das Secretarias de Saúde e Assistência Social; Delegacia de Polícia Civil; 25º Batalhão da Polícia Militar; Viva/Procon; Serventia Extrajudicial do 2º Ofício de Registro Civil; INSS; Conselhos Tutelares; Câmara de Vereadores; Instituto de Identificação da Secretaria de Segurança Pública do estado; e Secretaria de Estado da Saúde – SESMA.

O Justiça Itinerante também vai inscrever casais para o Casamento Comunitário que será realizado no próximo mês de Outubro.

Segundo o magistrado, o projeto alcança, principalmente, as pessoas que por algum motivo tem dificuldade de ir ate à sede da Comarca (Cururupu), buscar atendimento no Fórum, Promotoria, Cartório, dentre outros, e geram uma demanda reprimida que não entra nas estatísticas. “É um projeto de Cidadania, que busca levar Justiça e serviços essenciais à população mais carente da comarca”, ressalta Douglas da Guia.

Além dos serviços de expedição de certidão de nascimento já com o CPF, certidão de óbito, atendimento jurídico, realização de audiências, serviços de saúde, serão proferidas palestras informativas para crianças, adolescentes e mulheres da comunidade, entre outros.

Salas de atendimento serão montadas com médicas, enfermeiros e técnicos de Enfermagem para realização de consultas, exames ginecológicos, aferição de pressão, teste de glicemia, vacinação de crianças e adultos, e doação de remédios da Farmácia Básica.

Também serão disponibilizados serviços de Cartório; Viva/Procon; Atermação do Juizado; atendimento jurídico com advogados voluntários; Delegacia de Polícia Civil, Ministério Público, e Secretarias de Assistência Social e de Saúde de Serrano.

Assessoria de Comunicação TJMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.