Atenção – Últimos dias para o encerramento das inscrições do Processo Seletivo Simplificado do IBGE para Recenseador – Apenas Nível Fundamental é exigido

Termina do próximo dia 19/03 (sexta-feira) o prazo para quem deseja participar do Processo Seletivo Simplificado para o cargo de Recenseador no Censo 2021. A seleção será realizada mediante prova objetiva com questões de múltipla escolha, onde os aprovados serão contratados para atuar no Censo Demográfico que de regra é realizado a cada 10 anos, mas por conda da pandemia do Novo Coronavírus teve de ser adiado.

  • Resumo

  • São oferecidas 181.898 vagas para recenseador.
  • Como o recenseador recebe por produção, IBGE disponibilizou simulador que calcula remuneração, de acordo com município e horas trabalhadas.
  • Taxa de inscrição de R$ 25,77 (recenseador) pode ser paga pela internet ou em qualquer banco.
  • Provas objetivas serão aplicadas presencialmente no dia 25 de abril para recenseador, seguindo os protocolos de prevenção da Covid-19.

Os interessados devem se inscrever no site do Cebraspe, empresa organizadora da seleção.

Candidatos a recenseador podem estimar salário em simulador online

Já os recenseadores são os profissionais que visitarão todos os domicílios do país, entrevistando seus moradores. Para concorrer a uma das mais de 181 mil vagas, distribuídas por 5.297 municípios, o candidato precisa ter o ensino fundamental completo. No ato da inscrição, ele poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição é de R$ 25,77.

Como os recenseadores são remunerados por produtividade, o IBGE preparou um simulador online, disponível no hotsite do Censo 2021, que calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas entrevistadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. Para estimar a remuneração, basta acessar o simulador, informar o município e quantidade de horas que pretende dedicar ao trabalho. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.

Os candidatos a recenseador serão selecionados por uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos.

“O conteúdo a ser cobrado na prova está detalhado no edital. Disponibilizamos também uma apostila de Conhecimentos Técnicos, preparada pelo IBGE, para que o candidato obtenha os conhecimentos necessários para responder as questões sobre a operação censitária. A apostila e o Código de Ética do IBGE estão disponíveis no site do Cebraspe”, disse o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros.

Candidato que descumprir protocolos sanitários contra a Covid-19 pode ser eliminado

Todas as etapas do Censo 2021, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. No dia da prova, os candidatos deverão estar munidos de caneta esferográfica cor preta de material transparente, comprovante de inscrição e documento original com foto. Protocolos sanitários de prevenção da Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova, exigindo o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.

Censo 2021 vai visitar todos os municípios brasileiros

De agosto a outubro deste ano, cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país. A pesquisa revelará entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país.

Adaptado do Site do IBGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *