Professores do curso de História do campus de Caxias realizam seminário de práticas educativas

20180606_080756-1024x614

Professores e acadêmicos da disciplina Prática Curricular e Estágio Supervisionado, do Curso de História do CESC UEMA, em Caxias, realizaram nesta quarta-feira (6) o XVIII Seminário de Pesquisas e Práticas Educativas em Ensino de História. O evento é o mais antigo do Departamento de História e Geografia e ocorreu no auditório e outros setores da instituição. Além de acadêmicos de Caxias, alunos de História da UEMA da cidade de Coelho Neto (Curso Ensinar) também participaram.

O objetivo do seminário foi debater questões pertinentes ao trabalho do professor de História e como melhorar sua atividade pedagógica. Um dos desafios urgentes é criar situações em que os alunos reflitam sobre qual o seu papel como ser humano e profissional que vive em sociedade. Isso pede a formação um cidadão ético que busque a transformação da sociedade.

Pela manhã, a palestra feita pelo Professor Raimundo Dutra de Araújo abordou o tema “Prática de Ensino em Tempo de Incertezas”. Segundo ele, que é mestre em Educação pela UESPI (Universidade Estadual do Piauí), as complexidades que enfrentamos hoje decorrem do bombardeio de informações que recebemos o dia todo. O avanço das tecnologias afeta nossos hábitos, costumes e valores.

Nesse contexto, a Escola tem se tornado um depósito dos problemas sociais, levados por todos que compõem essa Escola. Quando se voltam para a construção de currículos e revisões curriculares, os professores têm procurado reconstruir culturas e identidades, mesmo diante de crises financeiras”, comentou o palestrante.

A rapidez dos dias de hoje faz com que o ambiente seja de tensão, incluindo a sala de aula – o caso de agressões físicas a professores foi citado – e isso gera incertezas. As verdades deixam de ser verdades rapidamente: quando se publica uma pesquisa alguém logo acrescenta algo ou contesta. Isso é até positivo para o lado da pesquisa, do questionamento, mas incentiva a incerteza sobre a qualidade do trabalho feito.

À tarde os trabalhos prosseguiram. No auditório, uma mesa redonda tratou das mudanças na grade curricular que entrarão em vigor no segundo semestre deste ano (Projeto Pedagógico do Curso de História). Essas alterações atendem uma demanda do MEC (Ministério da Educação).

Para a Professora Valtéria Alvarenga, uma das organizadoras do Seminário, o currículo deve ir além do aspecto técnico: “Ele deve abordar todo o processo formativo do indivíduo. Tornar as pessoas que pretendem ensinar mais humanas, envolvidas em processos de interação. O professor deve fazer pesquisa, claro, mas que ela seja voltada para o ensino. Isso o deixa mais integrado ao aluno e o trabalho pedagógico se torna mais humano”.

Em seguida foram organizados Espaços para Discussões (ED) onde se debateu sobre Prática Curricular nas dimensões política, social, educacional e escolar e sobre Estágios Curriculares Supervisionados.

Os presentes puderam apreciar duas exposições montadas nos corredores. Uma mostrava trabalhos feitos pelos acadêmicos – com temas que falavam desde o uso de vídeo-documentários em sala de aula até a vida das lavadeiras de roupa na época do Império.

A outra exposição era fotográfica. Intitulada “A Cidade e os Olhos”, trazia 60 fotos em preto e branco feitas por Sinésio Santos, um pioneiro nessa arte em Caxias. Elas estavam divididas por temas como família, política, futebol, etc. Para a Professora Valtéria Alvarenga, que levou a exposição ao Seminário “essas imagens, além de resgatar a memória da cidade de Caxias, ajuda os acadêmicos na prática pedagógica, no ensino de História”.

A palestra de encerramento, feita pela professora Karla Simone da Silva Costa, tratou da Base Nacional Curricular Comum.

Por Emanuel Pereira

Deputado Wellington se reúne com representantes de manifestações culturais do Maranhão

MES

Na manhã desta terça-feira (05), o deputado estadual Wellington do Curso se reuniu, na Assembleia Legislativa do Maranhão, com representantes de diversas manifestações culturais do estado. Entre as reivindicações dos maranhenses, há a insatisfação quanto à exclusão da programação cultural do São João de 2018. Ocorre que, ao invés de dar espaço aos artistas maranhenses como Betto Pereira e Carlinhos Veloz, além de outras manifestações como dança portuguesa e cacuriá, o governador Flávio Dino decidiu convocar cantores como Agnaldo Timóteo para as festas de São João. Nada contra, mas é um ritmo que não tem nada a ver com festas juninas.

Sem demonstrar qualquer respeito pela cultura e artistas maranhenses, o governador Flávio Dino deixou de fora 120 grupos ou mais de manifestações culturais locais.

“Ao nos reunirmos com os representantes das diversas manifestações culturais, o que percebemos é a insatisfação e decepção dos maranhenses. Alguns questionamentos ficam aqui. A população quer saber. Primeiro: por que não deram prioridade para os nossos artistas maranhenses? Artistas que tem a cara do nosso, que são parte do nosso povo? E as manifestações culturais? Deixaram de fora 120 grupos ou mais, a exemplo da dança boiadeiro Cavalo de Aço; dança boiadeiro Forasteiros Country; dança portuguesa; cacuriá Caninho; quadrilha, entre outros. Flávio Dino, respeite os artistas maranhenses! Valorize a nossa cultura. Valorize o nosso povo”, disse Wellington.

Ainda ao se pronunciar, o deputado Wellington solicitou que Flávio Dino liberasse os R$100.000,00 que o parlamentar destinou à cultura local.

“Fiz a destinação das emendas parlamentares atendendo a solicitação de representantes de manifestações culturais. Governador, libere os recursos. Isso não é favor. É obrigação”, afirmou o deputado Wellington.

Força Tática de Codó prende traficante com 456g de substâncias entorpecentes no bairro Santo Antônio

XANDY

Na manhã desta terça-feira (05/06) durante o atendimento de uma ocorrência de ameaça no bairro Santo Antônio, policiais militares da Força Tática se depararam com Daniel Pacheco da Luz, “Vulgo Xandy”, 34 anos, residente na Rua Diogo Alves, Santo Antônio, nesta cidade. Daniel, havia sido denunciado por ameaçar uma vítima e com a chegada dos policiais, foi realizada uma busca pessoal no acusado e com ele foi encontrado uma quantidade de uma substância semelhante a cocaína.

Imediatamente foi dada voz de prisão  a Daniel, em seguida foram realizadas buscas no interior de sua residência e logo foram encontradas cerca de 19 pedras de Crack prontas para serem comercializadas, (02) duas munições de arma de fogo calibre 12, 04 (quatro) porções maiores de da mesma droga, (03) celulares, (04) quatro relógios de pulso e uma quantia em dinheiro totalizando (R$ 1.245,00) hum mil duzentos e quarenta e cinco reais em dinheiro, além de mais (04) porções de cocaína, totalizando quase meio quilo de substâncias entorpecentes.

Daniel Pacheco foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil e deverá ser autuado por Tráfico de Drogas e ficará à disposição da justiça.

Assessoria de Comunicação do 17º BPM

Último dia – Termina hoje prazo para quem deseja fazer o ENEM 2018

Cobertura-Completa-do-ENEM-2018-450x300

Estudantes que desejam fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 devem ficar atentos. O prazo para fazer a inscrição acaba hoje, 18, às 23h59 (horário de Brasília). Até o momento, o monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação, que aplica o exame, registrou mais de 5,7 milhões de inscritos.

O Inep lembra que a data limite para que os interessados paguem a taxa de inscrição, pela Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de R$ 82, termina em 23 de maio, quarta-feira da próxima semana. O órgão recomenda, no entanto, que quem pagou este valor retorne à Página do Participante para conferir a situação de sua inscrição. A confirmação do pagamento do boleto pela instituição bancária pode levar de três a cinco dias úteis.

Para a edição 2018 do Enem, 3.361.468 pessoas já estão beneficiadas com a gratuidade por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à isenção. Neste caso, o Inep faz outro alerta: mesmo com o benefício, esses candidatos precisam se inscrever. Excepcionalmente este ano, em função da mudança no formato que separou a isenção da inscrição, todos os concluintes do ensino médio em 2018, e que estudam em escola da rede pública, estão isentos.

O Inep também reforçou que a gratuidade está garantida mesmo para aqueles concluintes que eram treineiros em 2017 e faltaram às provas, e para aqueles que, por algum motivo, não solicitaram a isenção, em abril. Os concluintes da rede pública, dessa forma, estão dispensados de pagar a taxa de inscrição do exame 2018.

Cores – Durante o procedimento de preenchimento de dados, apenas duas opções de mensagens aparecem ao final da inscrição. O participante verá a mensagem “Inscrição concluída com sucesso” ou outra constando a informação “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, juntamente com a imagem da GRU, que é um boleto do Banco do Brasil.

A frase “Inscrição concluída com sucesso”, em verde, aparece para todos os participantes que estão isentos do pagamento da taxa de inscrição do exame. Três tipos de participantes estão nessa situação: participante com solicitação de isenção da taxa de inscrição aprovada; concluinte do ensino médio, em 2018, em escola da rede pública, que se ausentou em 2017 e teve justificativa de ausência reprovada; e concluinte do ensino médio, em 2018, em escola da rede pública, que não solicitou isenção.

Já a mensagem “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, em vermelho, juntamente com um boleto do Banco do Brasil, aparece para todos os participantes que precisam pagar a taxa de inscrição do Enem 2018, até 23 de maio, por não se enquadrarem nos critérios de isenção. Dois tipos de participantes estão nessa situação: os com solicitação de isenção da taxa de inscrição reprovada; os demais no primeiro acesso ao sistema.

Medidas contra a corrupção praticada por agentes públicos serão discutidas no Maranhão

m_17052018_1142

Os crimes contra a administração pública serão tema de debate durante o III Seminário de Improbidade Administrativa e Crimes contra a Administração Pública, que será realizado no dia 21 de maio (segunda-feira), no auditório do Fórum de São Luís (Calhau), pelos integrantes do projeto “Maranhão Contra a Corrupção”.

O evento, aberto ao público, terá início às 9 horas e reunirá cerca de 250 inscritos, entre servidores e magistrados do TJMA, representantes MPMA, delegados das Polícias Federal e Civil, comunidade jurídica e acadêmica e a população em geral.

“O objetivo é uniformizar o entendimento sobre o tema, fortalecer o debate em questões práticas e discutir a legislação pertinente; sempre respeitando a área de atuação de cada órgão do sistema responsável pelo julgamento dos crimes de improbidade”, adianta o juiz Marcelo Santana, que integra a organização do evento.

No seminário, diversas entidades que atuam na prevenção e combate da improbidade administrativa discutirão a adoção de medidas contra a corrupção praticada por agentes públicos estaduais em todos os níveis. A programação tem o apoio do Poder Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e outras instituições, em parceria com a Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM).

Os paineis abordarão sobre os temas: Foro privilegiado e trânsito em julgado da sentença penal – o futuro das medidas concretas de combate à corrupção, Colaboração premiada: aspectos teóricos e práticos da lei n 12.850/2013 e Lavagem de dinheiro – aspectos práticos e o Controle da legitimidade do gasto público; com abordagem atualizada e ministrados por especialistas locais e nacionais. (Veja, abaixo, a programação completa).

MUTIRÃO – Após o seminário, terá início um mutirão de julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, que acontecerá no período de 22 de maio a 1º de junho.

“A força-tarefa seguirá enunciados propostos durante o seminário, que nortearão a atuação da Justiça, Polícias, Ministério Público e Tribunal de Contas na condução das ações criminais envolvendo gestores de órgãos públicos do Estado”, explica Santana.

MARANHÃO CONTRA A CORRUPÇÃO – Sem vínculos institucionais, o projeto Maranhão Contra a Corrupção é coordenado por um grupo de juízes, promotores, delegados de polícia e procuradores de justiça que, em 2016, resolveram se unir para incentivar medidas de prevenção e responsabilização de agentes públicos envolvidos em corrupção no Maranhão.

Em 2016, durante as duas semanas do mutirão de audiências, mais de 1,5 mil processos foram movimentados, com 216 sentenças proferidas, além de milhares de movimentações processuais. No início de 2017, 74 unidades jurisdicionais se integraram ao projeto, proferindo centenas de sentenças judiciais relativas a ações de improbidade administrativa.

As práticas desenvolvidas estão inscritas para concorrer ao Prêmio Innovare 2018 – que premia ações inovadoras que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil.

Também são parceiros institucionais do projeto a Associação dos Magistrados (AMMA), Procuradoria Geral da Justiça (PGJ), Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), Escola Superior do Ministério Público e Ministério Público de Contas.

PROGRAMAÇÃO
III SEMINÁRIO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E
CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

DATA: 21/05/2018

LOCAL: Auditório do Fórum de São Luís (Calhau)

8h30: CREDENCIAMENTO

9 horas – ABERTURA – Palestra – “FORO PRIVILEGIADO E TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA PENAL: O FUTURO DAS MEDIDAS CONCRETAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO”, ministrada pelo Juiz Federal Roberto Veloso (Presidente da AJUFE);

11 horas – Palestra – “COLABORAÇÃO PREMIADA: ASPECTOS TEÓRICOS E PRÁTICOS DA LEI N 12.850/2013″ – ministrada pelo Promotor de Justiça Fabrício José da Fonseca Pinto (MPMG);

14h30 –Palestra – “CONTROLE DA LEGITIMIDADE DO GASTO PÚBLICO”, ministrada pelo Conselheiro Caldas Furtado (Presidente do TCE/MA);

16 horasPLENÁRIA E VOTAÇÃO DOS ENUNCIADOS.

Assessoria de Comunicação do TJMA

Convocação para a Copa da Rússia divide torcedores, mas paixão do brasileiro pelo futebol vem com boas expectativas

cbf

Enfim a Copa começou para a maioria dos brasileiros! A convocação da Seleção Canarinho é um marco inicial para passarmos a respirar a copa da Rússia. O ato da convocação do Técnico Tite, passou a gerar uma expectativa de que dessa vez o 7 X 1 contra a Alemanha tenha´como consequência  o resultado de um aprendizado ao longo dos últimos 4 anos.

A polêmica dos jogadores convocados acabou sendo minimizada pela presença de atletas que atuam em sua maioria em times da Europa, mas ainda há aqueles da relação que serão questionados por parte dos brasileiros. Por exemplo o goleiro Cássio, do Corinthians não vive um bom momento na carreira, felizmente deverá ser o segundo ou até terceiro goleiro na prioridade do Tite.

Se Neymar vier 100%, a Seleção poderá ser favorita à primeira colocação do Grupo na 1ª Fase, mas Copa do Mundo vem sempre recheada de surpresas e imprevistos, mas também geralmente trás algumas revelações. A derrota do Brasil para a Alemanha, deverá trazer uma bagagem a ser testada na Rússia, mas só quando a bola rolar que saberemos.

PM registra homicídio em Codó e prende acusado de praticar o crime

Por volta das 22h do dia 14/05, a Central de Operações Policiais Militares – COPOM, do 17º BPM, recebeu uma solicitação de ocorrência de um homicídio no bairro Santo Antônio. Imediatamente a guarnição da Força Tática foi acionada  deslocando para o local. Com a chegada dos policiais, foi constatado o fato onde havia uma pessoa em óbito. Foram colhidas algumas informações de testemunhas e em seguida começaram as diligências para identificar e prender o suspeito do crime, em seguida os policiais localizaram Francisco Nascimento, o identificando como autor dos golpes de arma branca que acabou vitimando: Irlane da Cruz Silva, 33 anos.

Após a constatação do crime, a Polícia Civil foi acionada para os procedimentos legais e o autor do homicídio foi encaminhado ao Hospital Geral Municipal que se encontra sob custódia do estado, sob cuidados médicos em virtude do mesmo ter sido atingido com um golpe de tijolo, que culminou com uma grave lesão no crânio.

ASSECOM- 17° BPM

Policiais do 17° BPM recuperam motocicleta roubada no último domingo em Codó

moto rec

Durante patrulhamento realizado pela guarnição da Força Tática do 17º BPM, na segunda (14/05), foi encontrada uma motocicleta Honda, CHASSI 9C2JC4120AR107161, VERMELHA, após a averiguação junto ao banco de dados de motos furtadas ou roubadas na cidade de Codó, foi constatado que o referido veículo havia sido tomado de assalto  no domingo (13/05).

Após a constatação do registro de roubo, a motocicleta foi removida ao pátio do quartel para que o proprietário da mesma pudesse ser acionado.

Já na manhã desta terça-feira (15/05), o senhor Paulo dos Santos Costa, compareceu ao quartel munido da documentação da motocicleta e constatou-se que a mesma é de fato de sua propriedade, tendo sido providenciada sua entrega.

Durante o recebimento de sua motocicleta, Paulo dos Santos – vítima, relatou que seu irmão estava pilotando a moto, quando dois homens, onde um deles estava com uma camisa amarrada na cabeça e portando uma arma de fogo, quando foi anunciado o assalto e a moto levada.

Graças ao empenho dos abnegados policiais do 17° BPM, mais uma motocicleta foi recuperada e entregue a seu verdadeiro proprietário. De acordo com o comando do 17° BPM, o resultado do sucesso se dá em função da ostensividade dos policiais, a intensificação da fiscalização no transito e a responsabilidade de todos que fazem a Segurança da sociedade diuturnamente.

ASSECOM – 17º BPM

Serviço de emissão de contracheque online já está disponível para servidores da prefeitura de Codó

Após um longo período  com problemas, o serviço de disponibilidade dos Contracheques Online dos Servidores Públicos da Prefeitura Municipal de Codó, voltou à normalidade. Agora o Servidor Público não precisará se dirigir à prefeitura para ter acesso às informações do documento.

O Serviço estava indisponível há quase 90 dias, sem os prejudicados pudessem saber os motivos, razões ou circunstâncias da interrupção da emissão do Contracheque, que é um dos documentos necessários para a requisição de Férias, Licenças e acesso a serviços bancários. Para ter acesso ao Portal do Servidor, é necessário acessar o link: Contracheque Online; e solicitar a emissão do documento, momento em que aparecerá a tela abaixo e preencher os campos:

contracheque

Tela extraída na manhã de 13/05/2018

Novo Fies – Prazo de renovação de contrato é prorrogado para 25 de maio

fies

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, cria mais uma oportunidade para quem vai fazer a renovação do contrato do primeiro semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O prazo de aditamento, agora, foi prorrogado para 25 de maio. Neste semestre, a previsão é de renovar 1,1 milhão de contratos.

“Essa é segunda vez que o FNDE prorroga o prazo de renovação dos contratos neste semestre”, informa o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro”, que adverte: “É importante que todos os estudantes façam o aditamento o quanto antes”. O período inicial de renovação terminaria no dia 30 de abril, mas o FNDE já tinha postergado o prazo anteriormente para esta quinta-feira, dia 10.

Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre.  O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino, para depois as informações serem validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Novo Fies – Estudantes que ingressarem no Fies a partir de 2018 já entrarão em um novo sistema de financiamento. O Novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, no qual o programa está dividido em várias modalidades diferentes que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato.

O acesso aos procedimentos de renovação de contrato pelos estudantes pode ser feito nesta página.

Clique aqui para ver mais informações sobre o novo modelo de financiamento.

Assessoria de Comunicação Social