Gestores e professores indígenas recebem formação sobre Drogadição e Probidade Administrativa

Esclarecer sobre as implicações do uso e da comercialização de drogas dentro das aldeias indígenas e sobre as responsabilidades administrativas na gestão pública. Estes foram os objetivos da Formação Continuada em Drogadição e Probidade Administrativa para professores e gestores de escolas indígenas da rede estadual de educação, realizada nessa quarta-feira (5) na cidade de Jenipapo dos Vieiras.

O evento foi realizado por meio de parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Defensoria Pública do Estado (DPEMA), Polícia Militar do Maranhão, Prefeitura de Jenipapo dos Vieiras e a ONG Rede Maranhense de Diálogos Sobre Drogas (REMADD). E teve como público alvo 250 professores e gestores de escolas indígenas da rede estadual de ensino em Jenipapo dos Vieiras e região, além de lideranças indígenas.

Na parte da manhã foram realizadas palestras sobre as temáticas. O Defensor do Estado, Dr. Jean Carlos falou sobre “As Responsabilidades Administrativas na Gestão Pública”. A segunda palestra foi ministrada pelo vice-presidente do REMADD, Arivaldo Júnior que falou sobre ‘Escolas sem Drogas’.

“Essa formação foi em atendimento às demandas apresentadas em audiência pública realizada no município de Jenipapo dos Vieiras, em abril deste ano. E fecha de uma forma muito especial as atividades do ano letivo de 2018, em que tivemos grandes avanços, como por exemplo: a elaboração do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Professores Indígenas do Estado do Maranhão, que está em análise para posterior aprovação e implantação; a formação em Gestão Escolar para mais de 270 professores das escolas indígenas, entre outras ações”, pontuou Rosiléia da Silva Saraiva, supervisora de Educação Indígena.À tarde o encontro continuou com formação dos professores e gestores, ministrada por técnicos da Seduc, quando os participantes receberam orientação sobre como podem trabalhar essas temáticas, como conteúdo transversal, por meio de projetos pedagógicos.

“Foi uma capacitação muito proveitosa, a gente fica muito feliz em ter tido essa oportunidade de ter essa capacitação, porque a gente não está livre disso. A questão das drogas e do álcool não escolhe classe social, cor ou etnia”, disse Mágno Machado Guajajara, professor da escola Wazay W Yzara, da Terra Indígena Cana Brava, Aldeia Santa Maria.

“A gente tem que ‘tá’ preparado para fazer essa abordagem, pra conversar com nossos alunos. Essa formação vem em um momento muito oportuno. Então, nós professores indígenas da Terra Indígena Cana Brava estamos muito agradecidos”, acrescentou Mágno Guajajara.

Fonte: Seduc

IFMA prorroga inscrições para o Programa Mulheres Mil em Caxias

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias prorrogou as inscrições para o curso “Como transformar frutas e hortaliças em um negócio lucrativo: produção de doces, geleias, compotas e outros produtos”, ofertado através do Programa Mulheres Mil. Estão sendo disponibilizadas 40 vagas, destinadas a candidatas do sexo feminino (ou identidade social), como no mínimo 18 anos.

As inscrições são gratuitas e seguem abertas até o dia 13 de dezembro. Outra alteração publicada no edital refere-se ao local de inscrição. Agora, além do Campus Caxias, as inscrições podem ser feitas na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), no setor do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Os documentos necessários para a inscrição podem ser consultados no edital.

A seleção ocorre em duas etapas de caráter eliminatório. A primeira consiste na análise dos documentos e da ficha de inscrição. Já a segunda será uma entrevista.

Sobre o curso

Selecionado através do edital de Fluxo Contínuo da Pró-Reitoria de Extensão, a ação do Campus Caxias conta com o apoio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPPM) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).  O curso será ministrado com carga horária de 116 horas, das 08h às 12h, aos finais de semana, durante os meses de fevereiro e março de 2019.

Mulheres Mil

A proposta do Programa Mulheres Mil é viabilizar o acesso de mulheres em situação de vulnerabilidade social à qualificação profissional com vistas a elevação de escolaridade, inserção no mundo do trabalho, a equidade de gênero e a redução das desigualdades sociais; valorizando os saberes individuais e coletivos, incentivando o empreendedorismo e consequentemente a conquista de sua autonomia.

Informações

Informações adicionais poderão ser obtidas na Coordenação do Programa Mulheres Mil ou por meio dos telefones (99) 9 9934-2458 e (99) 3521-1100 (SMADS).

Fonte: Portal IFMA

Parque Ambiental da Trizidela, inundações e alagamentos – uma bomba que ninguém quer segurar

Imagem enviada por uma leitora no momento em que caia uma chuva fraca na manhã do dia 04/12. Sua casa fica ao lado do Parque Ambiental

O período chuvoso nem bem começou e já começa a trazer muita preocupação para quem mora no entorno da antiga Lagoa da Trizidela, hoje o local é chamado de Parque Ambiental. Na verdade, quando utilizamos o termo “Parque”, nos remetemos a significados bem abrangentes, diferente  do que de fato muitos codoenses vem ouvindo e falando.

De acordo com o site fflorestal.sp.org.br , .. os parques constituem unidades de conservação, terrestres e/ou aquáticas, normalmente extensas, destinadas à proteção de áreas representativas de ecossistemas, podendo também ser áreas dotadas de atributos naturais ou paisagísticos notáveis, sítios geológicos de grande interesse científico, educacional, recreativo ou turístico, cuja finalidade é resguardar atributos excepcionais da natureza, conciliando a proteção integral da flora, da fauna e das belezas naturais com a utilização para objetivos científicos, educacionais e recreativo. Assim, os parques são áreas destinadas para fins de conservação, pesquisa e turismo. Podem ser criados no âmbito nacional, estadual ou municipal, em terras de seu domínio, ou que devem ser desapropriadas para esse fim.

Diante do exposto, estamos longe de um Parque Ambiental de respeito, já que a SEMA – Secretaria Estadual de Meio Ambiente realizou uma obra a qual aterrou e pavimentou uma área alagada natural, que abrigava um habitat com várias espécies importantes para o equilíbrio ecológico daquela área e o Blog do Bezerra acompanha desde o início a omissão dos técnicos da SEMA que teimam em não assumir os erros na drenagem e escoamento da água acumulada no local.

Os impactos imediatos estão sendo vividos pelos moradores do entorno da extinta Lagoa que hoje sofrem com a ameaça real de alagamentos, basta ver as pequenas chuvas que caíram por Codó, várias casas alagadas.

Apesar dos problemas até agora, nenhum técnico da SEMA os prejudicados. Na verdade nem assumem os erros da obra. Podemos enquadrar a obra como um crime ambiental e não um Parque Ambiental.

Policiais Militares comemoram 30 anos de serviços prestados a sociedade maranhense

Policiais Militares que ingressaram na PMMA em 01 de dezembro de 1988 completaram 30 anos de Corporação e para celebrar a data, foi realizada solenidade na noite de sábado (01), na Associação do Ministério Público – AMPEM, em São Luis. A noite foi marcada por homenagens e lembranças como a entrega de medalhas de ouro por tempo de serviço aos militares. Os policiais também receberam certificados pela lealdade, esforço e sensibilidade no trato com a Corporação, assim como pelas conquistas históricas obtidas ao longo de suas carreiras.

Em seu discurso, o coronel José Ribamar Lisboa de Sá, um dos integrantes e homenageados, exaltou a lealdade dos policiais militares e o sentimento de dever cumprido para com a Corporação. ”Agradecemos a convivência leal e fraterna pela instituição. São trinta anos de serviço. Estou extremamente feliz, posso com tranquilidade dizer, que eu tenho grandes amigos”, disse.
Homenagem

Na oportunidade, os homenageados receberam a Medalha de Ouro do Serviço Policial Militar em honra à sua lealdade, esforço e dedicação. A Medalha foi entregue pelos padrinhos e madrinhas.

O Decreto 8.630/1982 de concessão da Honraria trazia os dizeres: “Querendo recompensar os bons serviços prestados à ordem, segurança e tranquilidade pública pelos Oficiais e Praças da Polícia Militar do Maranhão que se tornaram dignos pelos méritos, dedicação e lealdade com que prestaram os seus serviços”.
Um dos homenageados, o Major Cleomenes Evaldo Soares da Silva descreveu a satisfação de receber a honraria. “É uma alegria muito grande ser lembrado num momento como este tão significativo. São 30 anos de efetivo serviço”.
Presenças

Participaram da solenidade, o comandante geral do Corpo de Bombeiros do Maranhão, coronel Célio Roberto Pinto de Araújo; o representante do comandante geral da PMMA, coronel Aritanã Lisboa do Rosário, PMMA e coronel José Ribamar da Silva Filho, ex comandante de pelotão da época do ingresso na PMMA.

Fonte: PMMA

Atleta codoense é Campeã Piauiense de Futsal Adulto pelo IFPI em Teresina

A atleta codoense Josilda Oliveira (23 anos), sagrou-se Campeã do Campeonato Piauiense de Futsal 2018 na categoria adulto. A competição teve seu jogo final na cidade de Teresina-PI na noite desta terça-feira (04/12) e a equipe da atleta codoense venceu o forte time da AABB – A por 7 X 3, garantindo assim a vaga para a tão disputada “Taça Brasil de Futsal em 2019”.

O jogo foi tenso e muito disputado, principalmente no primeiro tempo, onde as adversárias saíram na frente com um gol de bola parada, após um toque de mão da defesa do IFPI a partir daí sob a orientação do Treinador Sérvulo Fernandes o time passou a ficar mais compacto em quadra criando várias oportunidades de gols.

Josilda Oliveira é um exemplo a ser seguido como atleta e pessoa. Muito dedicada ao esporte, desde muito cedo enfrentou grandes dificuldades na vida, mesmo assim não desistiu de seus sonhos e com a ajuda de pessoas certas nos momentos certos soube aproveitar os ensinamentos e oportunidades que lhes renderam aprendizado e experiência para chegar ao nível de atleta que é hoje, disciplinada e dedicada.

Depois de conquistar seu segundo título piauiense, já que em 2017 foi campeã da mesma competição defendendo a equipe de Paulistana, a atleta sonha em participar da Taça Brasil de Futsal em 2019 pela equipe do IFPI. A competição não tem local definido, mas até lá Josilda deverá treinar muito com a equipe e chegar no auge de sua forma física para representar a cidade de Codó, porém,  numa equipe piauiense.

Parabéns Josilda, que venham novas conquistas em 2019!

Começou nesta segunda-feira (03/12) a pré-matrícula para a 1ª série do Ensino Médio em escolas da rede estadual

A partir desta segunda-feira (3) até as 23h59 do dia 14 de dezembro estará aberto o sistema de pré-matrícula online para o 1º ano do Ensino Médio nas escolas da rede estadual de ensino. A pré-matrícula será feita no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no endereço eletrônico: www.educacao.ma.gov.br/matricula2019. Podem se inscrever estudantes que estão concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental em escolas das redes federal, estadual, municipal ou privada.

Serão ofertadas 110 mil vagas para a 1ª série do Ensino Médio em 711 escolas da rede estadual de ensino nos 217 municípios maranhenses, incluindo os 36 Centros Educa Mais (Escolas de Educação Integral).

No ato da pré-matrícula, os candidatos poderão optar por uma das escolas da rede, exceto as unidades escolares das modalidades de Educação do Campo, Educação Especial, Educação Indígena, Educação Quilombola e Educação de Jovens e Adultos, que têm calendário diferenciado.

O estudante fará opção pelo município que deseja estudar, informando seus dados pessoais. Em seguida, fará opção pela escola na qual deseja cursar a 1ª série do Ensino Médio Regular, no ano letivo de 2019, conforme vagas disponíveis. Ao escolher o município da escola para a qual deseja se inscrever, o estudante só poderá optar por escolas pertencentes àquela localidade. E ao selecionar uma unidade escolar, automaticamente, assume a vaga disponível na escola de sua preferência, até que as vagas se esgotem. Cada estudante só poderá solicitar pré-matrícula em uma única escola.

Centros Educa Mais

A pré-matrícula para os 36 Centros Educa Mais serão no mesmo período do Ensino Regular e obedecem aos mesmos critérios. Os estudantes que optarem pelo ensino médio em um dos Centros de Educação Integral, automaticamente, serão informados pelo sistema no ato da pré-matrícula, que irão frequentar a escola no turno diurno (manhã e tarde).

Período de matrículas

As matrículas serão efetivadas no período de 7 a 18 de janeiro de 2019. Neste período, será realizada também a matrícula e rematrícula na 2ª e 3ª séries do Ensino Médio e no Ensino Fundamental da Rede Estadual e os pais devem ir diretamente às escolas para matricular seus filhos.

Fonte: SEDUC / MA

Adriano Sarney afirma que crise é culpa do governo comunista

O deputado Adriano Sarney (PV) afirmou que a crise nas finanças do Estado é responsabilidade do governo comunista, pois, nos últimos anos, o Maranhão sofreu a maior retração no Produto Interno Bruto (PIB) do país, além de uma série de fatores como a dilapidação do Fundo de Previdência dos Aposentados (Fepa) e o constante aumento de impostos. O deputado discursou na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (21).

“O governo comunista coloca a culpa do péssimo desempenho econômico do Maranhão na crise nacional. Mas o que explica o PIB do Maranhão cair mais do que a média dos demais estados? Aumento de impostos, atraso no pagamento dos fornecedores, falta de incentivo para empresas se instalarem no Maranhão, tudo isto acarreta também no rebaixamento da nota de confiança do Estado no quesito confiança de pagamento, que foi rebaixado de uma nota B para uma nota C pela Secretaria do Tesouro Nacional”, pontuou Adriano.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB maranhense encolheu 5,6% em 2016 – depois de já haver recuado 4,1% em 2015. Nos dois anos, o Maranhão registrou retração maior que a do Brasil.
Adriano ressaltou ainda que o governo quebrou o Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (FEPA), que sofreu uma baixa extremamente volumosa nos últimos anos, pois tinha R$ 1,1 bilhão de saldo ao final de 2016, mas este número foi reduzido para R$ 665 milhões, ao término de 2017, podendo terminar 2018 com menos de R$ 200 milhões.

“O Brasil já está saindo da crise, mas o Maranhão, a cada dia que passa, está afundando na crise por culpa do governo comunista que está fazendo uma péssima gestão”, finalizou Adriano.
ASCOM – Deputado Adriano Sarney

Idoso que se passava por policial é preso com arma de brinquedo no Km 17

Após denúncias de populares, a guarnição da Polícia Militar de Codó deslocou-se até o km 17 na última quarta-feira, e efetuou a prisão do idoso Raimundo Brandão França, 70 anos, o mesmo estava ameaçando as pessoas em um estabelecimento comercial naquele Distrito e se identificando por policial militar e portando um simulacro de arma de fogo.
Após localizado pela equipe de policiais, o conduzido foi apresentado na 4º Delegacia de Polícia Civil para que sejam tomadas as medidas necessárias.

Vítimas de assaltos no Parque Ambiental reclamam da omissão de vigilantes

Nos últimos dias vários roubos a pessoas foram praticados nas dependências do Parque Ambiental  de Codó, mas um comportamento inusitado tem chamado a atenção de alguns policiais. Acontece que os últimos casos em que as vítimas, do sexo feminino, procuraram os vigilantes para reclamar das ações criminosas e as mesmas relatam que receberam como respostas de alguns deles que “não é responsabilidade dos vigilantes a garantia da segurança dos frequentadores”.

Acontece que em momento algum, nenhum vigilante acionou a polícia Militar para relatar os casos, e mesmo com a chegada dos militares durante a realização de rondas, nenhum tomava a iniciativa de relatar aos PMs dos casos ocorridos.

Durante a realização de diligências, policias do serviço reservado da PM, chegaram a abordar um dos vigilantes e após alguns questionamentos, o próprio relatou que sabia onde residia o principal suspeito de ter realizado assaltos naquele Parque. O curioso nesta história é que, o vigilante estava de serviço no dia em que dois assaltos foram realizados e que este mesmo se omitiu em informar dos casos.

Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil de Codó, que apontará se há ou não a participação de algum vigilante. Vale ressaltar que um deles chegou a receber a proposta de compra de um dos celulares roubados no Parque.

O barato que saiu caro – Gasolina vendida no Km17, sob suspeita

Esta é a indagação feita por alguns codoenses que procuram um local onde possam abastecer seus veículos com um combustível com preço bem mais em conta. Na sede do município de Codó, os postos têm seus valores beirando os R$ 5,00 e uma via alternativa para quem deseja encontrar o preço da gasolina bem mais em conta é se deslocando até o Distrito do Km 17, onde o Posto Priscila dispõe de gasolina ao preço de R$ 4,55. Acontece que muitos que tem procurado aquele posto têm sofrido consequências bem negativas para seus veículos e para os seus bolsos.
De acordo com levantamento realizado pelo Blog do Bezerra em algumas oficinas especializadas em reposição e manutenção de peças de motocicletas, a gasolina ofertada está sob suspeita.
De acordo com alguns mecânicos a gasolina vendida no Km 17 está sob fortíssima suspeita de ter sido adulterada.
O preço é bem convidativo, quem vai pegar a estrada e tem como alternativa o abastecimento daquela gasolina terá grande probabilidade de ter problemas com o motor do seu veiculo.
De acordo com uma cliente que completou seu tanque com gasolina comprada no Posto Priscila, sua moto deu problema na partida e ao chegar na oficina, seu mecânico tirou parte da gasolina do tanque e diagnosticou logo que aquilo que estava no tanque não tem nem cheiro de gasolina.
Portanto, caros leitores, tenham muita cautela ao encontrar gasolina com preço muito baixo, pois ” o barato pode custar muito caro”.