Termina hoje o prazo para quem deseja fazer a pré matricula para o Ensino Médio em 2019

Hoje é  o último dia para que deseja fazer o 1° Ano do Ensino Médio na rede pública estadual em 2019. A SEDUC disponibiliza em seu site o link para que os estudantes possam fazer a sua pré matricula e escolher em qual escola deseja estudar.

Essa modalidade de acesso já  está  sendo utilizada há  mais de cinco anos, substituindo as e enormes filas que antes os pais tinham que enfrentar.

Para fazer a sua pré matricula acesse o link abaixo:

http://sistemas.educacao.ma.gov.br/matricula2019/

Período chuvoso ainda nem começou, mas já trás preocupação aos moradores do entorno da Lagoa da Trizidela em Codó

Essa semana o Blog do Bezerra conseguiu captar imagens que causam preocupação para quem está de fora do contexto das famílias que moram às margens da Lagoa da Trizidela.

Bem diferente daquelas famílias que moram próximas do Parque Ambiental de Codó, as que moram entre a Rua da Paz e Rua Marcos Rocha estão apreensivas porque até agora, nenhum técnico da Secretaria Estadual de Meio Ambiente passou pelo local na tentativa de acalmar aquelas famílias que estão vendo a água chegar muito próxima de suas portas, sem nem mesmo ter começado o período chuvoso na cidade.

Com a construção do Parque Ambiental, cuja obra já causou muitos prejuízos às famílias do local, onde a água das chuvas invadiram suas casas sem ao menos terem sido ressarcidas, agora o fato de estarem distante do Poder Público preocupa ainda mais aqueles pobres moradores.

Alguns até brincam dizendo que já dá pra lançar o anzol de dentro de suas casas, já que a água já está em suas portas.

Até o início da semana passada, nenhum operário foi encontrado na obra de conclusão da obra no Parque, pois segundo eles a empresa responsável está com os salários dos trabalhadores atrasados e isso aumenta ainda mais a preocupação de uns e a indignação de outros, pois a falta de respeito continua.

Governo do estado promoverá evento cultural de humor na cidade de Codó

O espetáculo Humorlandia, do Grupo Santos, genuinamente codoense, é atração na edição do Ocupação Artística deste sábado (22), às 18h30h, no município de Codó. Quem também completará a festa será o cantor Bento Lages, levando o melhor do arrocha, e o Boi Raízes do Maranhão que promete uma bela apresentação em clima junino.

O Batalhão dos Cocais, como também é conhecido, há 13 anos, como Boi Raízes do Maranhão, se apresentará aos codoenses e turistas com o espetáculo Beleza da Criação, lançado no São João deste ano. A apresentação faz uma menção a Deus como criador do mundo.

As apresentações culturais, promovidas no município pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), por meio do Ocupações Artística, acontecem no Parque Ambiental de Codó, local onde está sendo realizado, permanentemente, esse projeto.

O projeto tem o objetivo de descentralizar as ações culturais, ocupar o espaço público, criar opções de lazer e diversão para turistas e moradores da cidade. Desde que o Parque Ambiental de Codó foi inaugurado a programação, com diversidade musical dos grupos garante diversão aos visitantes.

Programação:

18h30 – Humorlandia – Grupo Santos;
19h30 – Boi Raízes do Maranhão;
20h30 – Show Bento Lages.

ASSCOM do GOVERNO DO ESTADO

Policiais do 17° BPM realizam entrega de cestas básicas a famílias carentes do bairro Codó Novo

Uma ação solidária foi realizada pela polícia militar de Codó direcionada a ajudar ao próximo e aos mais carentes.

Em tempos de crise, falta de oportunidade de emprego e renda e do que comer durante quase todos dos dias do ano, levou um grupo de policiais a mobilizar outros colegas e demais colaboradores a realizar uma pequena campanha de arrecadação de alimentos e direcioná lá aos mais necessitados.

Vale ressaltar que este trabalho já foi realizado em outros anos e beneficiou várias famílias de áreas carentes, principalmente às que moram e dependem do lixão do bairro Codó Novo.

Iniciativas como esta enaltece o trabalho da Polícia Militar e a aproxima da sociedade, desmistificando a imagem de uma instituição anti-social, iniciativa como esta deveria servir de exemplo a outras instituições.

Final de ano começa com grande movimentação nos aeroportos e rodoviárias de todo país

Há menos de dez dias do Natal e com resquício de uma crise, o brasileiro parece não estar se importando muito com o bolso.

Com as festividades de final de ano chegando, quem decidiu fazer as malas e cair no mundo neste final de semana, percebeu uma mudança  na movimentação  nos terminais rodoviários e aeroportos do país. De acordo especialistas o movimento já  é  7% maior que o mesmo período  do ano passado.

As promoções  nos valores das passagens tem contribuído  com esse crecimento e aquecimento das vendas das passagens. Para a ter um exemplo, uma passagem de avião de Teresina-PI para o Rio de Janeiro  que costumeiramente é  vendida a R $ 1.100,00 pode ser encontrada ao valor de R $ 700,00.

Então  para você que pretende viajar neste final de ano e ainda não  se programou, o melhor mesmo é  se planejar e pesquisar os preços  e os pacotes mais atrativos e Boa Viagem!

Lei é promulgada, e sites de apostas vão poder patrocinar times brasileiros

Fonte:  https://esporte.uol.com.br

A Lei 13.756/18, decorrente da Medida Provisória 846/2018, foi promulgada na última quarta-feira (12), no primeiro passo para a legalização das apostas esportivas no Brasil. Com isso, sites de apostas vão poder patrocinar times brasileiros.

Estes sites patrocinam praticamente metade dos clubes que disputam o Campeonato Inglês. Desta forma, estes mesmos sites vão poder estampar suas marcas nos uniformes das equipes do Brasil. Com a proibição da atividade no país, eles não podem patrocinar clubes e competições.

O Ministério da Fazenda tem prazo de dois anos, prorrogável por mais dois anos, para regulamentar a atividade e será responsável pela autorização e concessão das loterias de apostas.

A nova modalidade de apostas esportivas é denominada de apostas de quota fixa, em que é definido, no momento da aposta, quanto o apostador pode ganhar em caso de acerto.

Além disso, o que for arrecadado com apostas esportivas será destinado ao pagamento do prêmio ao apostador, à seguridade social, ao Fundo Nacional de Segurança Pública, à educação e aos clubes de futebol.

A discussão sobre a legalização das apostas ressurgiu no Congresso em torno de uma proposta de Pedro Trengrouse, professor da FGV, que apresentou um memorando no qual defende a regulamentação das apostas esportivas, entre outras medidas que, no entender dele, poderiam gerar mais receita para os governos federal e estaduais, para os apostadores e para o esporte.

Em entrevista no fim de outubro ao blog Olhar Olímpico, Trengrouse explicou que apenas o futebol brasileiro movimenta cerca de R$ 4 bilhões em apostas por ano, mas não há regulamentação sobre esse movimento financeiro.

“Sem regulamentação a gente não tem monitoramento, não tem tributação, só tem os riscos. A maioria dos sites não vai se mudar dos paraísos fiscais, mas a regulamentação permite troca de informações e monitoramento. A gente consegue identificar quem está jogando, quanto. Consegue cobrar uma taxa de funcionamento do site no país”, disse.

Governo do estado prorroga pré matrícula para o 1°Ano do Ensino Médio

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) prorrogou, até o dia 21 (sexta-feira), às 21h59, a pré-matrícula geral para a 1ª série do Ensino Médio nas escolas da rede estadual de ensino no portal da Seduc. Podem se inscrever  estudantes que estão concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental em escolas das redes federal, estadual, municipal ou privada.

No ato da pré-matrícula os estudantes poderão optar por uma das escolas estaduais, exceto as unidades escolares das modalidades de Educação do Campo, Educação Especial, Educação Indígena, Educação Quilombola e Educação de Jovens e Adultos. Os estudantes que optarem pelo ensino médio em um dos Centros de Educação Integral ‘Educa Mais’ serão informados pelo sistema no ato da pré-matrícula, que irão frequentar a escola no turno diurno (manhã e tarde).

O estudante fará opção pelo município que deseja estudar, informando seus dados pessoais. Em seguida, fará opção pela escola na qual deseja cursar a 1ª série do Ensino Médio Regular, no ano letivo de 2019, conforme vagas disponíveis no portal: www.educacao.ma.gov.br/matricula2019. Ao escolher o município da escola para a qual deseja se inscrever, o estudante só poderá optar por escolas pertencentes àquela localidade. E ao selecionar uma unidade escolar, automaticamente, assume a vaga disponível na escola de sua preferência, até que as vagas se esgotem. Cada estudante só poderá solicitar pré-matrícula em uma única escola.

Após o encerramento do período da pré-matrícula, o estudante receberá a confirmação no próprio sistema de que sua pré-matrícula foi realizada com sucesso. O estudante só terá sua inscrição validada a partir do momento que entregar toda a documentação listada no ato da pré-matrícula, na escola.

Para os estudantes com dificuldade de acesso à internet, a Seduc disponibiliza 20 pontos de apoio para a realização da pré-matrícula. A lista dos locais com os respectivos endereços também constará no portal da Secretaria.
Matrículas

As matrículas serão efetivadas no período de 7 a 18 de janeiro de 2019. Neste período, acontece também a matrícula e rematrícula no 2ª e 3ª séries do Ensino Médio e no Ensino Fundamental da Rede Estadual, diretamente as escolas para matricular seus filhos.

Fonte: SEDUC MA

João de Deus tem situação complicada após filha declarar que sofreu abuso desde os 10 anos de idade

Foto: Revista VEJA

Após explodir a bomba de que pacientes teriam sofrido abusos do médium João Teixeira de Farias, conhecido internacionalmente na mediunidade por “João de Deus” ou “John of God”, um fato novo surgiu e poderá dar novas visões a respeito dos casos. Acontece que, enquanto as primeiras denúncias surgiram e declaradas pelas próprias pacientes de João, criou se uma incerteza e a possibilidade de uma suposta perseguição ao médium.

Um fato novo vai deixar a situação de “João de Deus” muito complicada, é que sua filha, de 49 anos, Dalva Teixeira aparece na Edição desta sexta -feira da Revista Veja sob o título “Meu pai é um monstro”, na matéria, Dalva relata que sofria violência sexual de seu próprio pai desde os 10 anos de idade. Se for realmente comprovada e a justiça aceitar as denúncias, o médium poderá perder apoio dos seus pacientes que iniciaram uma campanha em favor de João.

“Denúncias de abuso sexual ligados à religião não é  fato exclusivo do médium”

Há muitos anos fatos relacionados a denúncias de abusos são registrados. Desde a idade média pela igreja católica aos dias de hoje com envolvimento de padres, pastores evangélicos, umbandistas e médiuns.

Infelizmente, os casos de abusos estão ligados à própria família das vítimas e impregnados nas entranhas da sociedade, que em muitos casos se omitem e acobertam os fatos para não escandalizar, gerando assim a impunidade, igualmente o que aconteceu com a filha de “João de Deus” que relata como eram praticados os atos de violência:  …“Ele me levou para o quarto dele, tirou minha roupa toda e eu achei aquilo estranho. Aí eu perguntei: o que você está fazendo? E ele disse: o pai vai fazer um trabalho espiritual com você com Dom Inácio de Loyola, aí ele pegou, ficou pelado, se despiu todo e começou a passar o pênis dele no meu corpo todo.

 

PM de Codó prende homem com arma de fogo

 

A equipe do ESQUADRÃO ÁGUIA efetuou a prisão de um homem, identificado como sendo João Batista Desidério, 28 anos, morador da Rua Vila Nova, 1241, Codó Novo. Ele estava de posse de uma arma de fogo no bairro Codó Novo.

A prisão aconteceu durante rondas de rotina realizada pela equipe nas ruas do bairro, quando avistaram um individuo em atitude suspeita que ao perceber a aproximação da equipe de policiais, tentou empreender fuga em direção a um terreno baldio e tentando livrar-se da arma, acabou arremessando para dentro de um quintal. No entanto o individuo foi contido pelos policiais e após alguns minutos de busca, a arma foi localizada.

Segundo o conduzido, a arma era para sua própria segurança, pois alega ter vários inimigos. Diante da situação o conduzido foi apresentado na 4° delegacia de policia para que sejam tomadas as providências necessárias.

*ASSCOM 17° BPM*

Gestores e professores indígenas recebem formação sobre Drogadição e Probidade Administrativa

Esclarecer sobre as implicações do uso e da comercialização de drogas dentro das aldeias indígenas e sobre as responsabilidades administrativas na gestão pública. Estes foram os objetivos da Formação Continuada em Drogadição e Probidade Administrativa para professores e gestores de escolas indígenas da rede estadual de educação, realizada nessa quarta-feira (5) na cidade de Jenipapo dos Vieiras.

O evento foi realizado por meio de parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Defensoria Pública do Estado (DPEMA), Polícia Militar do Maranhão, Prefeitura de Jenipapo dos Vieiras e a ONG Rede Maranhense de Diálogos Sobre Drogas (REMADD). E teve como público alvo 250 professores e gestores de escolas indígenas da rede estadual de ensino em Jenipapo dos Vieiras e região, além de lideranças indígenas.

Na parte da manhã foram realizadas palestras sobre as temáticas. O Defensor do Estado, Dr. Jean Carlos falou sobre “As Responsabilidades Administrativas na Gestão Pública”. A segunda palestra foi ministrada pelo vice-presidente do REMADD, Arivaldo Júnior que falou sobre ‘Escolas sem Drogas’.

“Essa formação foi em atendimento às demandas apresentadas em audiência pública realizada no município de Jenipapo dos Vieiras, em abril deste ano. E fecha de uma forma muito especial as atividades do ano letivo de 2018, em que tivemos grandes avanços, como por exemplo: a elaboração do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Professores Indígenas do Estado do Maranhão, que está em análise para posterior aprovação e implantação; a formação em Gestão Escolar para mais de 270 professores das escolas indígenas, entre outras ações”, pontuou Rosiléia da Silva Saraiva, supervisora de Educação Indígena.À tarde o encontro continuou com formação dos professores e gestores, ministrada por técnicos da Seduc, quando os participantes receberam orientação sobre como podem trabalhar essas temáticas, como conteúdo transversal, por meio de projetos pedagógicos.

“Foi uma capacitação muito proveitosa, a gente fica muito feliz em ter tido essa oportunidade de ter essa capacitação, porque a gente não está livre disso. A questão das drogas e do álcool não escolhe classe social, cor ou etnia”, disse Mágno Machado Guajajara, professor da escola Wazay W Yzara, da Terra Indígena Cana Brava, Aldeia Santa Maria.

“A gente tem que ‘tá’ preparado para fazer essa abordagem, pra conversar com nossos alunos. Essa formação vem em um momento muito oportuno. Então, nós professores indígenas da Terra Indígena Cana Brava estamos muito agradecidos”, acrescentou Mágno Guajajara.

Fonte: Seduc